jul 18

Este drama romântico é uma co-produção França/Alemanha, é sobre um romance entre um jornalista francês e uma adolescente asiática, tem atuações medianas dos protagonistas e um roteiro regular. A direção é de Mia Hansen-Love (O Que Está Por Vir), com Roman Kolinka, Aarshi Banerjee, Alex Descas, Judith Chemla e Johanna ter Steege.

Gabriel é um repórter de 30 anos que construiu sua carreira no jornalismo por meio da perigosa cobertura de guerras. Resgatado após meses preso num cativeiro na Síria, ele se afasta do trabalho para reencontrar na Índia, onde passou parte da infância.

Escrito por marcia
Tags: , , , , , , ,

jul 18

Esta animação/aventura/drama americana, do estúdio Disney, é um remake live action do original – que foi um sucesso de público e crítica – de 1994é bem dirigido, emociona, tem bom elenco de dubladores originais, mas o roteiro é regular por não trazer nada de novo. A direção é de Jon Favreau (Mogli, O Menino Lobo), com vozes no original de Donald Glover, Beyoncé, Seth Rogen, Chiwetel Ejiofor, entre outros.

O destino do jovem leão Simba é ser o rei da selva. Mas as coisas mudam quando uma armadilha elaborada pelo seu tio Scar faz com que Mufasa, o atual rei, morra ao tentar salvar o filhote. Sentindo-se culpado, Simba abandona o reino e viaja para um lugar distante. Ao longo do caminho, encontra amigos que o fazem voltar a ter prazer pela vida.

Escrito por marcia
Tags: , , , , , , ,

jul 17

Autor: Eisenstein, Sergei 
Tradutor: Ottoni, Teresa
Editora: Zahar
1a Edição: 2017
Assunto: Artes e Fotografia – Cinema

Sinopse: 
Essa coletânea de artigos escritos por Eisenstein durante  Segunda Guerra Mundial e publicados em 1942 faz um balanço de sua atividade até então, examinando o passado e projetando-se para o futuro da montagem cinematográfica. Procurando demonstrar que a montagem é uma propriedade orgânica de todas as artes, esse livro investiga a relação entre palavra e imagem; a sincronização dos sentidos; as cores e seus significados; e a correspondência entre forma e conteúdo. O volume traz ainda uma filmografia do cineasta, sugestões de leitura e índice remissivo. ‘O Sentido do Filme’, ao lado de ‘A Forma do Filme’, tornou-se a principal fonte para uma reflexão sobre o cinema. “Os dois livros de Eisenstein que a Zahar publicou, escritos a partir dos anos 1920, estão entre os clássicos do cinema e fazem parte de qualquer biblioteca básica.” – Folha de São Paulo. “O Sentido do Filme  e A Forma do Filme têm uma primeira edição brasileira cuidadosa, com índices de nomes e assuntos, sugestões bibliográficas, nota biográfica, apresentações e revisão técnica perfeccionista do crítico José Carlos Avellar. Sirva-se.” – Jornal do Brasil.

Escrito por marcia
Tags: , , ,

jul 17

Foi divulgada, na terça-feira (16/7), a lista dos indicados ao maior prêmio da televisão norte-americana. A cerimônia de premiação acontecerá em 22 de setembro, em Los Angeles. Confira os nomeados:

SÉRIE DE DRAMA
Better Call Saul
Bodyguard
Game of Thrones
Killing Eve
Ozark
Pose
This is Us
Succession
SÉRIE DE COMÉDIA
Barry
Boneca Russa
Fleabag
Maravilhosa Sra. Maisel
Schitt’s Creek
The Good Place
Veep
FILMES PARA A TELEVISÃO
Black Mirror: Bandersnatch
Brexit
Deadwood
Rei Lear
Meu Jantar com Hervé 
SÉRIE LIMITADA
Chernobyl
Escape at Dannemora
Fosse/Verdon
Sharp Objects
When Day See Us 
MELHOR ATOR EM SÉRIE DRAMAÁTICA
Billy Porter, por “Pose”
Bob Odenkirk, por “Better Call Saul”
Jason Bateman, por “Ozark”
Kit Harington, por “Game of Thrones”
Milo Ventimiglia, por “This is Us”
Sterling K. Brown, por “This is Us”
MELHOR ATRIZ DRAMÁTICA
Emilia Clarke, por “Game of Thrones”
Jodie Comer, por “Killing Eve”
Laura Linney, por “Ozark”
Mandy Moore, por “This is Us”
Robin Wright, por “House of Cards”
Sandra Oh, por “Killing Eve”
Viola Davis, por “How To Get Away with Murder”
MELHOR ATOR COADJUVANTE DE SÉRIE DRAMÁTICA
Alfie Allen, por “Game Of Thrones”
Chris Sullivan, por “This is Us”
Giancarlo Esposito, por “Better Call Saul”
Jonathan Banks, por “Better Call Saul”
Michael Kelly, por “House of Cards”
Nikolaj Coster-Waldau, por “Game of Thrones”
Peter Dinklage, por “Game of Thrones”
MELHOR ATRIZ COADJUVANTE DE SÉRIE DRAMÁTICA
Fiona Shaw, por “Killing Eve”
Gwendoline Christie, por “Game of Thrones”
Julia Garner, por “Ozark”
Lena Headey, por “Game of Thrones”
Maisie Williams, por “Game of Thrones”
Sophie Turner, por “Game of Thrones”
ATOR CONVIDADO EM SÉRIE DRAMÁTICA
Bradley Whitford, por “O Conto da Aia”
Glynn Turman, por “How To Get Away with Murder”
Kumail Nanjiani, por “The Twilight Zone”
Michael Angarano, por “This is Us”
Michael McKean, por “Better Call Saul”
Ron Cephas Jones, por “This is Us”
ATRIZ CONVIDADA EM SÉRIE DRAMÁTICA
Carice van Houten, por “Game of Thrones”
Cherry Jones, por “O Conto da Aia”
Cicely Tyson, por “How To Get Away with Murder”
Jessica Lange, por “American Horror Story: Apocalypse”
Laverne Cox, por “Orange is The New Black”
Phylicia Rashad, por “This is Us”
MELHOR ATOR EM SÉRIE DE COMÉDIA
Anthony Anderson, por “Black-ish”
Bill Hader, por “Barry”
Don Cheadle, por “Black Monday”
Eugene Levy, por “Schitts Creek”
Michael Douglas, por “The Kominsky Method”
Ted Danson, por “The Good Place”
MELHOR ATRIZ EM SÉRIE DE COMÉDIA
Catherine O’Hara, por “Schitts Creek”
Christina Applegate, por “Dead To Me”
Julia Louis-Dreyfus, por “Veep”
Natasha Lyonne, por “Boneca Russa”
Phoebe Waller-Bridge, por “Fleabag”
Rachel Brosnahan, por “A Maravilhosa Sra. Maisel”
MELHOR ATOR COADJUVANTE DE SÉRIE DE COMÉDIA
Alan Arkin, por “The Kominsky Method”
Anthony Carrigan, por “Barry”
Henry Winkler, por “Barry”
Stephen Root, por “Barry”
Tony Hale, Por “Veep”
Tony Shalhoub, por “A Maravilhosa Sra. Maisel”
MELHOR ATRIZ COADJUVANTE DE SÉRIE DE COMÉDIA
Alex Borstein, por “A Maravilhosa Sra. Maisel”
Anna Chlumsky, por “Veep”
Betty Gilpin, por “Glow”
Kate McKinnon, por “Saturday Night Live”
Marin Hinkle, por “A Maravilhosa Sra. Maisel”
Olivia Colman, por “Fleabag”
Sarah Goldberg, por “Barry”
Sian Clifford, por “Fleabag”
ATOR CONVIDADO EM SÉRIE DE COMÉDIA
Adam Sandler, por “Saturday Night Live”
John Mulaney, por “Saturday Night Live”
Luke Kirby, por “A Maravilhosa Sra. Maisel”
Matt Damon, por “Saturday Night Live”
Peter MacNicol, por “Veep”
Robert De Niro, por “Saturday Night Live”
Rufus Sewell, por “A Maravilhosa Sra. Maisel”
ATRIZ CONVIDADA EM SÉRIE DE COMÉDIA
Emma Thompson, por “Saturday Night Live”
Fiona Shaw, por “Fleabag”
Jane Lynch, “A Maravilhosa Sra. Maisel”
Kristin Scott, por “Fleabag”
Maya Rudolph, por “The Good Place”
Sandra Oh, por “Saturday Night Live”
MELHOR ATOR EM SÉRIE LIMITADA
Benicio Del Toro, por “Escape at Dannemora”
Hugh Grant, por “A Very English Scandal”
Jared Harris, por “Chernobyl”
Jharrel Jerome, por “When They See Us”
Mahershala Ali, por “True Detective”
Sam Rockwell, por “Fosse/Verdon”
MELHOR ATRIZ EM SÉRIE LIMITADA
Amy Adams, por “Sharp Objects”
Aunjanue Ellis, por “When They See Us”
Joey King, por “The Act”
Michelle Williams, por “Fosse /Verdon”
Niecy Nash, por “When They See Us”
Patricia Arquette, por “Escapa at Dannemora”
MELHOR ATOR COADJUVANTE EM SÉRIE LIMITADA”
Asante Blackk, por “When They See Us”
Ben Whishaw, por “A Very English Scandal”
John Leguizamo, por “When They See Us”
Michael K. Williams, por “When They See Us”
Paul Dano, por “Escape at Dannemora”
Stellan Skarsgard, por “Chernobyl”
MELHOR ATRIZ COADJUVANTE EM SÉRIE LIMITADA
Emily Watson, por “Chernobyl”
Margaret Qualley, por “Fosse/Verdon”
Marsha Stephanie Blake, por “When They See Us”
Patricia Arquette, por “The Act”
Patricia Clarkson, por “Sharp Objects”
Vera Farmiga, por “When They See Us”

Fonte: JustJared

Escrito por marcia
Tags:

jul 16


O astro britânico Idris Elba está na revista americana Vanity Fair, última edição. O galã, nas lentes do fotógrafo Collier Schorr, usa na imagem à esquerda, um sobretudo da grife Prada, camiseta Calvin Klein e jeans Givenchy; já na imagem à direita, o ator veste um tricô da marca Boss. Simplesmente gatíssimo!

Fonte: Vanity Fair

Escrito por marcia
Tags: , , , , , ,

jul 15

Na comédia dramática “Alimento da Alma”, todos os domingos a matriarca Mama Joe (vivida por Irma P. Hall) reúne em sua casa suas três filhas – Maxine (vivida por Vivica A. Fox), Teri (vivida por Vanessa Williams) e Bird (vivida por Nia Long) para almoçar, e, quando ela adoece, um dos netos continua essa tradição. Confira a receita de camarão ao creme:

INGREDIENTES
.1 Kg de camarão limpo
.Sal e açafrão a gosto
.2 dentes de alho amassados
.2 colheres (sopa) de óleo
.1 cebola picada
.1 pimenta de cheiro picada
.1 tomate picado
.1 maço de cheiro-verde picado
.1/2 xícara (chá) de água
.1 caixa de creme de leite ou creme de leite fresco

MODO DE PREPARO
1. Tempere o camarão com o sal, o açafrão e o alho, reserve.
2. Leve uma panela ao fogo médio com o óleo e refogue a cebola e a pimenta por 2 minutos.
3. Adicione o tomate, o cheiro-verde e refogue por 3 minutos.
4. Acrescente o camarão reservado e frite por mais 3 minutos.
5. Adicione a água e cozinhe até que reduza um pouco.
6. Desligue o fogo, junte o creme de leite e misture bem.
7. Sirva com purê de batata polvilhado com cheiro-verde picado, mas é opcional.

Fonte: Guia da Cozinha e Google

Escrito por marcia
Tags: , , , , ,

jul 14

A série histórica “Versailles”, foi criada para comemorar os 300 do palácio, é sobre Luís XIV, chamado “Rei Sol”, Rei da França e de Navarra, no século XVII até século XVIII (1643 1715), reinou por 72 anos, o reinado é um dos mais longo da Europa, fazendo a França uma das maiores potências europeias. O monarca idealizou o Palácio de Versailles e mandou construir para morar fora da capital francesa, mas com toda pompa e circunstância, até hoje o palácio é considerado o mais bonito e luxuoso de todos. O protagonista é vivido por George Blagden. A primeira temporada, lançada em 2015, teve 10 episódios e mostra os personagens e o sonho de Luís XIV em construir uma “gaiola dourada” para ele e controlar a França com seu governo absolutista; já a segunda temporada, lançada em 2017, também com 10 episódios, foca nas traições amorosas do monarca, nas conspirações políticas internas e externas, nos assassinatos de nobres por envenenamento e as rivalidades com outros países europeus; e a terceira temporada (e última!), lançada em 2018, mas no Brasil só em 2019, começa com a vitória da França no conflito com a Holanda (1672-1678), mas outros desafios esperam pelo monarca francês. A série tem uma boa direção de arte, belo figurino, boa maquiagem e cabelo e boas atuações do bom elenco. A única coisa que decepciona é o fato do idioma falado ser o inglês, e não o francês, para ter uma audiência maior no mundo, segundo seus realizadores.

Escrito por marcia
Tags: ,

jul 13

Em “Uma Nação Estressada”, lançado em 8 de julho, o médico Sanjay Gupta aborda as causas da queda de expectativa de vida dos americanos, focado no estresse. O documentário mostra várias regiões dos EUA e o médico entrevista vários especialistas para entender o porquê disso. Na década de 1960 o país tinha a maior expectativa de vida mundial e agora passa por um processo contrário. É constatado o que o estresse causa no cérebro, no corpo e no comportamento da população durante muito tempo. O filme é muito instrutivo, por isso, vale a pena assistir.

Escrito por marcia
Tags: ,

jul 12

Pegue a pipoca e relaxe assistindo a esses filmes. Divirta-se!

 

Ação 
Homem-Aranha: De Volta ao Lar (Spider-Man Homecoming), EUA, 2017. Dirigido por Jon Watts, com Tom Holland, Marisa Tomei e Robert Downey Jr.. Depois de atuar ao lado dos Vingadores, chegou a hora do pequeno Peter Parker voltar para casa e para sua vida, já não mais tão normal. Lutando diariamente contra pequenos crimes nas redondezas, ele pensa ter encontrado a missão de sua vida quando o terrível vilão Abutre surge amedrontando a cidade. O problema é que a a tarefa não será tão fácil como ele imaginava.

Animação 
O Parque dos Sonhos (Wonder Park), EUA/Espanha, 2019. Dirigido por Dylan Brown e David Feiss, com vozes de Ken Hudson, Jennifer Garner, Matthew Broderick, entre outros. A jovem otimista e sonhadora June encontra escondido na floresta um parque de diversões chamado Wonderland, que é cheio de passeios e animais que falam. O único problema é que o parque está confuso e desorganizado. June logo descobre que o parque veio de imaginação e que ela é a única que pode deixar o lugar mágico de novo.

Aventura 
Dumbo, EUA, 2019. Dirigido por Tim Burton, com Colin Farrell, Danny DeVito e Michael Keaton. Holt Farrier é uma ex-estrela de circo que retorna da guerra e encontra seu mundo virado de cabeça para baixo. O circo em que trabalhava está passando por grandes dificuldades, e ele fica encarregado de cuidar de um elefante recém-nascido, cujas orelhas gigantes fazem dele motivo de piada. No entanto, os filhos de Holt descobrem o pequeno elefante é capaz de uma façanha enorme: voar.

Biografia 
O Gênio e o Louco (The Professor and the Madman), EUA, 2019. Dirigido por Mel Gibson e Sean Penn. Esta é a incrível história real da criação do dicionário inglês Oxford, projeto que definiu nosso mundo. Durante anos, milhares de definições de palavras foram enviadas para análise do professor James Murray, mas um envio em específico despertou sua atenção, o do Doutor W.C. Minor, que submeteu mais de dez mil definições. Quando o comitê decide honrá-lo, a verdade choca a todos: Doutor Minor encontra-se preso em um hospício para criminosos.

Comédia 
O Doutor Felicidade (Knock), França, 2018. Dirigido por Lorraine Levy, com Omar Sy e Alex Lutz. Numa pequena aldeia francesa, o ex-criminoso, e agora médico, Knock convence a população saudável de que eles estão sofrendo de doenças, encontrando ou criando sintomas para todos. Mas as coisas começam a mudar quando ele conhece Adèle.

 

Drama Britânico 
Vingança a Sangue Frio (Cold Pursuit), Reino Unido, 2019. Dirigido por Hans Petter Moland, com Liam Neeson e Tom Bateman. Nels, um tranquilo homem de família, trabalha como motorista de um removedor de neve e vê seu mundo virado de cabeça para baixo quando seu filho é morto por um poderoso traficante de drogas. Impulsionado pelo desejo de vingança e sem nada para perder, ele fará tudo o que for preciso para destruir o cartel.

Drama Dinamarquês 
Você Desapareceu (Du Forsvinder), Dinamarca, 2018. Dirigido por Peter Schonau Fog, com Trine Dyrholm e Nikolaj Lie Kaas. Professora, Mia é casada com Frederick, um diretor bem-sucedido que é pego roubando de sua própria escola. Na dúvida se o marido fez isso por vontade própria ou devido ao tumor que cresce no cérebro dele, ela está desesperada para solucionar o caso e descobrir com que tipo de homem está casada. Enquanto pagava um advogado para defendê-lo, ela é forçada a se deparar com estudos de neurociência para repensar quem é Frederick.

Mistério 
Dívida Perigosa (The Outsider), EUA, 2018. Dirigido por Martin Zandvliet, com Jared Leto e Tadanobu Asano. Preso durante a Segunda Guerra Mundial, um soldado americano consegue a liberdade ao fim do conflito tornando-se integrante da máfia Yakuza por intermédio de um colega de cela. No perigoso submundo do crime japonês ele tenta impor respeito e conquistar a confiança dos membros do grupo.

Escrito por marcia
Tags: , , , , , , , ,

jul 12

Este drama francês, uma adaptação da peça homônima, é sobre uma criança que sofre abuso sexual, incomoda, é bem dirigido, tem atuação mediana da protagonista, boas atuações dos coadjuvantes e um bom roteiro, que nos faz pensar. A direção é de Andréa Bescond (estreante) e Eric Métayer (estreante), com Andréa Bescond, Karin Viard, Clovis Cornillac, Pierre Deladonchamps e Grégory Montel.

Aos oito anos, Odette gostava de pintar e desenhar, como toda criança inocente. Eventualmente, ela também brincava com os adultos, por isso não recusou participar de “guerra de cócegas” com um homem mais velho, amigo de seus pais. Anos depois, Odette é uma adulta assombrada pelos traumas da infância, algo que ela vem tentando esquecer através da dança, atividade que ela pratica profissionalmente.

Escrito por marcia
Tags: , , , , , , ,