ago 17

A minissérie dramática “Our Boys”, lançada na sexta-feira (16/8), teve dois episódios exibidos em seguida (21 e 22 h), a partir da próxima sexta será exibido apenas um às 22 horas. O drama israelense é baseado em fatos reais e é sobre o que originou o conflito da Faixa de Gaza em 2014. Vale a pena assistir.

Escrito por marcia
Tags:

ago 10

A série dramática “Succession”, lançada em 2018 a primeira temporada, é sobre a família Roy, que é dona do maior império da mídia americana e do mundo. Dominada pelo patriarca Logan Roy (vivido por Brian Cox) e ambicionada pelos filhos – Kendal (vivido por Jeremy Strong), Roman (vivido por Kieran Culkin), Siobhan (vivida por Sarah Snook) e Connor (vivido por Alan Ruck). Mas o embate maior do pai é com seu filho Kendal, ex-viciado e com muita gana em tomar o posto dele. Connor, o filho mais velho, é o mais tranquilo de todos, e avesso ao mundo dos negócios. Roman é o playboy da família, mas quer estar dentro do negócio, ficando do lado de quem tem mais força. E Siobhan, é uma lobista, ambiciosa, controladora e de olho nos irmãos e nas empresas da família. Vale a pena assistir aos conflitos insanos dessa turma e a segunda temporada estreia no domingo (11/8), às 22 horas.

Escrito por marcia
Tags: , , , , ,

ago 03

A minissérie britânica “Years and Years”, lançada em 28 de junho na HBO, é uma co-produção com a BBC, vai ao ar sempre às sextas-feiras às 22 horas, e é sobre três gerações de uma família da cidade de Manchester, na Inglaterra, os Lyons, e a trama os acompanha por quinze anos. Começa em 2019 com a empresária Vivienne Rook (vivida por Emma Thompson), com falas absurdas, num debate na TV e essa personagem é a peça central da trama, uma mulher que cria um partido e concorre ao cargo de primeira ministra. Durante o desenrolar da história, há a reeleição de Trump, a morte da Rainha Elizabeth II e a Ucrânia se anexa ao território da Rússia. Vale a pena assistir os seis episódios, principalmente pelo desempenho da estrela britânica como uma política enlouquecida e os problemas pessoais da família Lyons, você irá se divertir, se emocionar e se assustar.

Escrito por marcia
Tags: , ,

jul 27

A primeira temporada da série “Euphoria”, lançada em 16 de junho, tem a personagem Rue (vivida por Zendaya), uma adolescente que acabou de sair de uma clínica de reabilitação depois de ter sofrido uma overdose. A trama acompanhará um grupo de adolescentes que lidam com drogas, sexo e a violência cotidiana. Vale a pena assistir, apesar de causar um certo incômodo, porque é bem produzida e relevante para o público alvo, os adolescentes.

Escrito por marcia
Tags: ,

jul 20

O competente documentário americano “No Coração do Ouro: O Escândalo da Seleção Americana de Ginástica”, que relata os abusos sexuais cometidos pelo osteopata do time de ginástica artística dos EUA, Larry Nassar. O filme estreou no canal em 15 de julho. Vale a pena assistir o que leva a impunidade dos abusadores por longo tempo.

Escrito por marcia
Tags:

jul 13

Em “Uma Nação Estressada”, lançado em 8 de julho, o médico Sanjay Gupta aborda as causas da queda de expectativa de vida dos americanos, focado no estresse. O documentário mostra várias regiões dos EUA e o médico entrevista vários especialistas para entender o porquê disso. Na década de 1960 o país tinha a maior expectativa de vida mundial e agora passa por um processo contrário. É constatado o que o estresse causa no cérebro, no corpo e no comportamento da população durante muito tempo. O filme é muito instrutivo, por isso, vale a pena assistir.

Escrito por marcia
Tags: ,

jul 06

A série “Divorce”, protagonizada por Sarah Jessica Parker no papel de Frances que, na primeira temporada, lançada em 2016, reavalia seu casamento e sente que é difícil recomeçar uma nova vida; já a segunda temporada, lançada em 2018, é quando o divórcio de Frances realmente acontece com a assinatura dos documentos. E a terceira temporada foi lançada no canal ontem, sexta-feira (5/7), irá mostrar um tempo depois do divórcio, Frances e Robert (vivido por Thomas Haden Church) ainda tentam se adaptar as suas novas rotinas com novos parceiros. O canal divulgou que esta será a temporada final, uma pena porque esse tema é muito interessante e vasto.

Escrito por marcia
Tags: , ,

jun 29

Na segunda temporada de “Big Little Lies”, a participação da atriz veterana Meryl Streep, no papel da sogra da personagem de Nicole Kidman, veio dar um plus, porquê desconfia das “amigas” da nora: as personagens de Zoe Gravitz e de Laura Dern;questiona sobre a morte de seu filho (vivido por Alexander Skarsgard), fica surpresa com a descoberta de um novo neto que é filho da personagem de Shailene Woodley; e tem os embates com a personagem de Reese Witherspoon. Vale a pena assistir todos os domingos, às 22 horas, um novo episódio!

Escrito por marcia
Tags: , , , , , ,

jun 22

No filme “Qual o Meu Nome: Muhammad Ali”, lançado em 17 de junho, é dividido em duas partes, é sobre famoso campeão de boxe, a partir de gravações próprias e é dirigido por Antoine Fuqua. Vale a pena assistir e conhecer esse retrato íntimo do atleta.

Escrito por marcia
Tags: ,

jun 15

Na série “Objetos Cortantes”, uma adaptação do livro homônimo da escritora americana Gillian Flynn, é protagonizada por Camille (vivida por Amy Adams), uma repórter investigativa que tem problemas mentais, que se joga no trabalho e retorna à sua cidade natal – a pedido do seu editor/amigo – para descobrir quem matou duas jovens e durante o processo tem que se envolver com problemas familiares. Este foi o primeiro livro da escritora e, talvez, por isso mesmo, não é tão bom quanto “Garota Exemplar”, onde o suspense é muito bem criado do início ao fim da trama, sem perder o ritmo. Contudo, vale a pena assistir ao desempenho de Amy e Patricia Clarckson, no papel da mãe megera.

Escrito por marcia
Tags: , ,

Jarrett Stidham Womens Jersey  Nick Mullens Jersey