dez 31

Todd HaynesEste roteirista, produtor e diretor americano, de 54 anos, nasceu em Los Angeles e cresceu em Encino, Califórnia. Em 1978, produziu o curta-metragem “The Suicide”, ainda no High School. Cursou semiótica a Brown University, em Providence, nos Estados Unidos, onde dirigiu seu primeiro curta, “Assassins: A Film Concerning Rimbaud” (1985). Depois mudou-se para Nova York e se envolveu com o cinema independente. Em 1991, estreou no cinema com o longa-metragem “Veneno” e ganhou o Sundance Film Festival com o grande prêmio do júri. Ganhou o Urso de Ouro no Berlim Film Festival 1991, por “Veneno”. Foi premiado no Festival de Cannes 1998, por sua contribuição artística, por “Velvet Goldmine”. Ganhou, como melhor diretor e melhor roteiro, no New York Film Critics Online 2002, por “Longe do Paraíso”. Ganhou o New York Film Critics Circle Awards 2002 e o Independent Spirit Awards 2003, de melhor diretor, por “Longe do Paraíso”. Foi indicado ao Oscar 2003, na categoria melhor roteiro original, por “Longe do Paraíso”. Foi indicado ao Globo de Ouro de 2003, nas categorias melhor roteiro, por “Longe do Paraíso”. Ganhou o Festival de Veneza 2007, nas categorias melhor filme e prêmio especial do júri, por “Não Estou Lá”. Ganhou a Queer Palm no Festival de Cannes 2015, por “Carol”, que é um prêmio patrocinado pela LGBT filmes. Recebeu uma indicação à Palma de Ouro no Festival de Cannes 2015, por “Carol”. Foi indicado ao Globo de Ouro 2016, ao Independent Spirit Awards 2016 e ao London Critics Circle Film Awards 2016, como melhor diretor, por “Carol”. Ganhou o New York Film Critics Circle Awards 2015, na categoria melhor diretor, por “Carol”.

FILMOGRAFIA
1991 – Veneno
1995- Mal do Século
1998- Velvet Goldmine
2002- Longe do Paraíso
2007- Não Estou Lá
2015- Carol

Escrito por marcia
Tags: ,


Deixe um comentário