out 31

Escolha a poltrona, pegue as guloseimas e curta estes filmes no fim de semana. Divirta-se!

 

Aventura
Imensidão Azul (Le Grand Bleu), França/EUA, 1998. Dirigido por Luc Besson, com Jaen Marc-Barr e Jean Reno. Jacques e Enzo se conhecem desde a infância, época em que aprenderam a nadar e, consequentemente, a rivalizar. O francês e o italiano, respectivamente, cresceram juntos na Grécia. Foi lá que o pai de Jacques faleceu devido a um afogamento, fato que deixou uma marca permanente na vida do filho. Duas décadas depois, Jacques   agora um mergulhador a serviço de pesquisas científicas – é desafiado por Enzo, mais uma vez, e a competição entre os dois toma grandes proporções.

Cinebiografia
Além da Liberdade (The Lady), França/Reino Unido, 2011. Dirigido por Luc Besson, com Michelle Yeoh e David Thewlis. Filha de um herói da independência da Birmânia, Aung San Suu foi morar no exterior ainda jovem. Na Inglaterra, se casou com Michael Aris e teve dois filhos, Kim e Alex, mantendo contato com o país através de livros publicados e o acompanhamento das notícias locais. Ao saber que sua mãe está internada, Aung decide ir à Birmânia para visitá-la. Ao chegar, ela é procurada por vários líderes locais que pedem sua colaboração no movimento pela implantação da democracia.

Comédia
Um Golpe Perfeito (Gambit), EUA, 2012. Dirigido por Michael Hoffman, com Colin Firth e Cameron Diaz. Harry Deane trabalha no mundo das artes plásticas, mas é também um grande malandro na arte de enganar o próximo. No momento, seu próximo plano é passar para trás um dos mais ricos colecionadores do mundo. Para fazer seu serviço, Deane planeja contratar a bela PJ Punowski, uma rainha de rodeios, para que sua vítima caia de encantos por ela e ele possa concluir seu “trabalho” com relativa tranquilidade. Mas algo foge do seu plano.

Drama
Film Socialisme, França/Suíça, Dirigido por Jean-Luc Godard, com Christian Sinniger e Patti Smith. Num cruzeiro pelo mar Mediterrâneo, com personalidades como o filósofo francês Alain Badiou e a cantora americana Patti Smith a bordo, passageiros discutem sobre história, dinheiro e geometria. Longe dali, a família Martin, que mora num posto de gasolina, recebe a visita de uma jornalista e sua cinegrafista. As duas passam o dia à espera de uma entrevista com os pais, enquanto as crianças exigem deles explicações sobre liberdade, igualdade e fraternidade.

Drama/Guerra
Para Sempre Mozart (For Ever Mozart), França/Suíça, 1996. Dirigido por Jean-Luc Godard, com Madeleine Assas e Ghalia Lacroix. Um diretor sem problemas com seu elenco, e resolve ir até Sarajevo ajudar um primo com uma peça teatral. Com um envolvimento de alguns com a guerra ele desiste da ideia, e volta para tentar finalizar seu filme, ao mesmo tempo em que as reflexões sobre arte e política permeiam sua mente.

 

Drama Histórico
Nossa Música (Notre Musique), França/Suíça, 2003. Dirigido por Jean-Luc Godard, com Sarah Adler. Dividido em três partes: Inferno, Purgatório e Paraíso. No inferno, imagens da guerra: aviões, tanques, navios, explosões, populações em fuga, campos e cidades devastadas. Imagens silenciosas, quatro frases e quatro peças musicais. No purgatório, a cidade de Sarajevo contemporânea, martirizada como tantas outras. Personagens reais e imaginários. Uma visita à ponte de Mostar enquanto ela é reconstruída, representa a passagem da culpa ao perdão. No paraíso, uma jovem mulher, que vimos no purgatório, encontra paz à beira d’água, em uma pequena praia guardada por fuzileiros navais norte-americanos.

Fantasia
Sr. Ninguém (Mr. Nobody), França/Reino Unido/Bélgica/Canadá, 2009. Dirigido por Jaco Van Dormael, com Jared Leto e Sarah Polley. Marido de Elise e pai de três filhos, Nemo Nobody leva uma vida comum ao lado de sua família. Ele acorda no ano de 2092 e agora, com 118 anos, é o último mortal em um planeta de seres humanos imortais. As suas preocupações, contudo, envolvem outras questões, como o que aconteceu durante a passagem de tempo e se viveu sua vida como gostaria.

 

Guerra
O Último Combate (Murphy’s War), Reino Unido, 1971. Dirigido por Peter Yates, com Peter O’Toole e Philippe Noiret. No final da Segunda Guerra Mundial, o sobrevivente de um navio mercante inglês torpedeado encontra abrigo na Venezuela, numa comunidade de protestantes, faz amizade com um piloto francês e resolve se vingar sozinho dos alemães.

Escrito por marcia
Tags: , , , , , , , ,


Deixe um comentário