abr 09

Autor: Ferraro Júnior, Denerval
Editora: Globo Livros 
Páginas: 224
1a Edição: 2008
Assunto: Cinema

Sinopse:
Quais os robôs mais bacanas da história do cinema? Com uma pergunta como essa, claro, a polêmica está aberta. Seria a dupla formada por R2-D2 e C-3PO de Guerra nas Estrelas, ou para aqueles que preferem os grandes clássicos – a “robô mulher” politizada de Metrópolis? Se está difícil, vamos em frente: quais os melhores filmes feitos com a participação de cães? E quanto aos vilões, quais foram os mais marcantes? Essas questões, que muitas vezes animam longas conversas em rodas de amigos curtidores de cinema, fazem do livro “10+ do Cinema” (Ed. Globo) uma leitura curiosa e divertida. Escrito pelo jornalista Denerval Ferraro Jr, a classificação dos verbetes foi realizada de maneira inusitada, como: comida, cristãos, doenças, espiões, realeza e muitos outros. São 50 listas, cada uma delas trazendo em ordem de importância os dez melhores da categoria. Há ainda uma lista final com as frases mais célebres do cinema. A ideia do livro surgiu a partir de uma coluna da revista Monet, onde esse tipo de classificação foi desenvolvida. Certamente a prática de fazer listas com os “melhores da história” não é nenhuma novidade. Mas o que faz a diferença em 10+ do Cinema é o olhar do autor, que criou categorias originais. O livro é um convite a pensar sobre o cinema de ângulos novos, e redescobrir filmes que por vezes já estavam acomodados e sem brilho em seus lugares tradicionais. Como o próprio autor reconhece na apresentação, fazer listas com os melhores  e – ainda por cima – em ordem de importância, é uma temeridade. Sempre haverá margem para a discordância, para a polêmica. Mas é exatamente aí que está a graça desse tipo de classificação, que sempre vai depender da empatia de cada leitor.

Fonte: Livraria da Folha

 

Escrito por marcia
Tags: , ,


Deixe um comentário