nov 03

Autor: Yoshida, Kiju
Editora: Cosac Naify
Páginas: 312
1ª Edição: 2003
Assunto: Cinema

Sinopse:
Este ensaio empreende uma fascinante viagem ao cinema do mais refinado diretor do cinema japonês, Yasujiro Ozu (1903-63). Pela primeira vez, a obra de Ozu é analisada por alguém que também trabalha atrás do megafone de direção, Kiju Yoshida, autor de ‘Eros + Massacre’ (69), entre outros 19 filmes, Yoshida lê a obra insuperável de Ozu com auxílio de conceitos da filosofia zen-budista, bastante cara ao autor de ‘Bom Dia’ (59) e ‘A Rotina Tem Seu Encanto’ (62). Ozu foi o diretor que mais se aproximou da essência do cinema ao admitir que as imagens que ele tanto amava lógica inerente às imagens é desmistificar na prática as técnicas cinematográficas construiu sua legenda mundialmente reconhecida de questionador da natureza humana e das ideologias.

Fonte: Livraria Cultura

Escrito por marcia
Tags: ,


Deixe um comentário