jan 18

A bela Jessica Chastain está na capa e no recheio da revista americana WSJ., que faz parte do The Wall Street Journal, última edição. A atriz, que é a protagonista do filme “A Grande Jogada”, fala como seu passado influencia suas escolhas: “Minha mãe era uma mãe solteira. Não sei quem é meu pai biológico, e cresci em uma casa que era, financeiramente, instável. Houve um ponto de virada na minha vida, onde vivíamos com alguém que não gostávamos muito, um namorado de minha mãe. E ele fez uma coisa: meu quarto estava bagunçado, ou o que quer que fosse, e ele pegou minhas roupas, eu dizia a ele para me devolver minhas coisas e ele me deu uma bofetada. Acabei chutando-o nos seus órgãos genitais e ele caiu no chão imediatamente. Era eu, minha irmã e meu irmão – lembro de olhar para o rosto de minha irmã, e ambas estávamos como: ‘Oh, meu Deus, o que acabei de fazer?’. E, então, corri para fora de casa. Mas sempre que olho para trás nesse momento é como soubesse que, ok, se algo acontecer comigo, sou capaz de lutar. Ele nunca aprontou comigo novamente. Se você permitir que um valentão intimide ou vitimize você, eles continuarão a fazê-lo. Os valentões são fracos, eles não seguem pessoas fortes.” Sobre como o produtor Harvey Weinstein se referiu sobre ela uma vez: “Ele realmente disse em público: ‘Se tivesse que entrar em um ringue de boxe com Muhammad Ali ou Jessica Chastain, escolheria Muhammad Ali’.” E sobre seu marido Gian Luca Passi de Preposulo: “Nunca quis me casar. Quando conheci meu marido, ele sabia que o casamento não era algo que me interessava. E então, quando nos conhecemos, a ideia do casamento mudou para mim. Há coisas que vale a pena celebrar – e ele vale a pena celebrar. Na verdade, amo estar casada. Nunca pensei que sim, mas este é um ser humano espetacular, e estou comemorando compartilhar minha vida com ele.”

Fonte: JustJared

Escrito por marcia
Tags: , , ,


Deixe um comentário