jan 27

A estrela Keira Knightley está na capa e no recheio da revista britânica Elle, edição de março e nas bancas a partir de 29 de janeiro. A atriz, que está no filme “O Jogo da Imitação”, falou sobre a origem de seu nome: “Estava destinada a ser chamada de Kiera, depois que uma patinadora russa esteve na TV. Meu pai gostava dela e pegou seu nome para mim. Mas foi a minha mãe que foi registrar o meu nascimento e, acidentalmente, escreveu ‘ei’ em vez de ‘ie’ porque minha mãe não era boa em ortografia. Aparentemente, quando ela retornou, ele disse: ‘(soltou um palavrão)! Você escreveu o nome dela errado!’ O que eles iam fazer, entretanto? Uma vez que é um pedaço de papel, é sobre um pedaço de papel. E essa sou eu. Um erro de ortografia”. Sobre o poder de um batom vermelho: “Batom é uma armadura para o mundo. A minha mãe tinha uma coisa quando estávamos crescendo, se tivesse tido um dia de merda ou se tinha tudo dado errado, ela colocava um batom vermelho. Eu ainda respeito isso. Se você está fazendo algo difícil, uma cor muito vibrante é uma coisa boa. Os lábios são fáceis de colocar cor. No nariz não funciona tão bem – é um olhar complicado. Lábios, porém, muito bom”. E por se recusar a ser obediente: “Quebre as regras. Eu sempre odiei a ideia de que você deve usar isso ou aquilo, porque me faz sentir como se estivesse fazendo tudo errado. Eu odiava a escola, e não quero isso como adulta. Se você quiser um vaso na cabeça e se lhe faz feliz, use o vaso na cabeça”.

Fonte: JustJared

Escrito por marcia
Tags: , ,


Deixe um comentário