fev 05

oscar_statuetteA fábrica das estatuetas do Oscar, a R.S. Owens, fica em um edifício comum na Av. Lynch, em Hollywood, onde elas são produzidas desde 1983 pelo Sr. Vega. Ele fica todo concentrado em derreter barras de metal de qualidade em um tanque. Então, mergulha uma concha no líquido fervente e aos poucos derrama o material em um molde de aço, um dos pares que foram preparados. O molde remanescente é guardado em um cofre, que só é utilizado neste período do ano, durante os dias que as 50 estatuetas do Oscar são produzidas. Vega sacode levemente o molde enquanto derrama o líquido, para que seja preenchido uniformemente. Isso demora 13 segundos, e logo ele encaixa a parte de cima do molde e bate com um martelo até que a parte traseira da estatueta seja revelada. Depois a pega ainda quente e deita sobre uma mesa, ao lado de outras iguais. Elas devem esfriar por cerca de uma hora antes de terem aparados os excessos de metal. Faz o polimento e dá um número de série a cada uma, que é gravado em sua base, para garantir que a Academia possa seguir o caminho delas. Após a gravação, o Oscar é testado para confirmar se não há bolhas de ar ou rachaduras que possam comprometer sua estrutura. Alguns dias depois, ele é banhado em cobre, níquel e prata. Finalmente, chega o momento dele ser mergulhado em um tanque cheio de ouro 24 quilates. Depois, perto da festa, as estatuetas são reunidas e mandadas à Hollywood.

Fonte: Globo.com

Escrito por marcia
Tags:


Deixe um comentário