nov 10

Esse drama francês é sobre um jovem viciado internado em uma rígida instituição religiosa, emociona, tem boa atuação do protagonista – que ganhou o Prêmio de Melhor Ator, o Urso de Prata, no Festival de Berlim 2018 -, e um roteiro interessante, mas com alguns problemas no desenvolvimento. A direção é de Cédric Khan (Vida Selvagem), com Anthony Bajon, Damien Chapelle, Alex Brendemühl e Louise Grinberg.

Thomas é viciado em drogas. Para dar um fim à esse hábito, ele decide participar de uma comunidade de ex-usuários que vivem isolados nas montanhas e usam a oração como uma forma de se curarem. Inicialmente relutante, Thomas aos poucos aceita se submeter a uma vida espartana de disciplina, abstinência, trabalho árduo e orações frequentes. Ele descobre a fé, mas também o amor, e um novo tipo de tormento.

Escrito por marcia
Tags: , , , , , , ,


Deixe um comentário