jun 20

Este drama histórico é uma co-produção Brasil/França/Qatar, sobre exilados políticos que retornam ao país quando são anistiados, é sensível, emociona, tem boa trilha sonora, atuação mediana da protagonista, boa direção de arte e um roteiro interessante. A direção é de Flávia Castro (estreante), com Jeanne Bourdier, Hugo Abranches, Jesuíta Barbosa, Eliane Giardini, Julián Marras e Marcio Vito.

O Rio de Janeiro não é nada familiar para Joana, adolescente que teve o pai refém como prisioneiro político durante os anos de ditadura no Brasil. Ela passou quase toda a sua vida em Paris, cidade onde o resto de sua família se exilou. Tendo sido decretada a Lei da Anistia, a menina agora está, a contragosto, de volta a sia cidade natal. As memórias amargas de tempos difíceis vêm à tona, causando um forte desconforto.

Escrito por marcia
Tags: , , , , , , ,


Deixe um comentário