jan 17

Este drama polonês ganhou vários prêmios e teve duas indicações ao Oscar 2015 (nas categorias melhor filme estrangeiro melhor fotografia), tem um roteiro difícil, uma bela fotografia em preto e branco, que ajuda na dramaticidade da história, e boas atuações  da protagonista e da coadjuvante. A direção é de Pawel Pawlikowski (Estranha Obsessão), com Agata Trzebuchowska, Agata Kulesza, Dawid Ogrodnik, Jerzy Trela, Adam Szyskowski e Halina Skoczynska.

A jovem noviça Anna está pronta para prestar seus votos e tornar-se freira. Antes disso, ela descobre que seu verdadeiro nome é Ida e que tem uma tia chamada Wanda. E que é filha de judeus. Durante a visita, as duas mulheres embarcam numa viagem à descoberta de si próprias e do passado que têm em comum. As revelações levam Ana ao início de uma jornada para desvendar as suas raízes e confrontar a verdade sobre a família.

Escrito por marcia
Tags: , , , , , , , ,


Deixe um comentário