jun 04

Este drama dinamarquês é forte – os diretores deste país, para mim, são os melhores neste gênero, pois choca e atrai ao mesmo tempo o expectador com sua realidade impactante e nos faz pensar -, questiona os valores morais, tem um bom roteiro e boas atuações. A direção é de Susanne Bier (Em Um Mundo Melhor), com Nikolaj Coster-Waldau, Maria Bonnevie, Ulrich Tomsen, Charlotte Fich, Molly Blixt Egelind, Thomas Bo Larsen e Nikolaj Lie Kaas.

Os detetives e amigos Andreas e Simon levam vidas diferentes: o primeiro é casado e pai de uma criança, enquanto o segundo acabou de se divorciar e passa os dias se embriagando. Tudo muda quando eles são chamados para lidar com um casal de viciados em drogas e Andreas encontra o filho dos dois chorando dentro de um armário. Abalado pela cena, o policial precisa da ajuda de Simon, pois começa a perder a noção de justiça e não consegue mais ver os limites entre o certo e o errado.

Escrito por marcia
Tags: , , , , , , , , , ,


Deixe um comentário