abr 27

Relaxe neste feriadão com estes filmes interessantes. Divirta-se!

 

Ação 
O Estrangeiro (The Foreigner), China/Reino Unido, 2017. Dirigido por Martin Campbell, com Jackie Chan e Pierce Brosnan. Quan é dono de um típico restaurante chinês em Londres, capital da Inglaterra. Após um misterioso ataque de um grupo terroristas irlandeses ao seu estabelecimento, ele tem sua vida e família devastadas. Sem muito apoio da polícia local, ele vai buscar vingança com suas próprias mãos.

Animação 
LEGO Ninjago: O Filme (The LEGO Ninjago Movie), EUA, 2017. Dirigido por Charlie Bean, com vozes no original de Jackie Chan, Dave Franco e Michael Peña. Pai e filho entram em confronto épico para testar uma equipe indisciplinada de ninjas modernos. Agora, o grupo precisa aprender a controlar o ego e se unir para libertar seu verdadeiro poder.

 

Comédia 
Más Notícias Para o Sr. Mars (Des Nouvelles de la Planète Mars), França/Bélgica, 2016. Dirigido por Dominik Moll, com François Damiens e Vincent Macaigne. A trama é sobre Philippe Mars, um engenheiro divorciado, que tenta ser um bom pai, um adorável ex-marido, um bom colega e um compreensível irmão. Mas o planeta parece não estar alinhado ao seu favor.

Comédia Dramática 
O Suborno do Céu (El Soborno del Cielo), Colômbia, 2016. Dirigido Lisandro Duque Naranjo, com Andrés Restrepo e Carlota Llano. A trama mostra uma história curiosa sobre a igreja católica ocorrida no interior da Colômbia na década de 1970. Em um vilarejo afastado, onde só há uma igreja, o novo padre da paróquia local decide cumprir a lei católica e se recusa a realizar a missa de sétimo dia de Aimer, um jovem que havia acabado de se suicidar.

Drama Americano 
A Garota Ocidental – Entre o Coração e a Tradição (Noces), EUA, 2017. Dirigido por Stephan Streker, com Lina El Arabi e Sébastien Houbani. Zahira é uma jovem nascida no Paquistão, mas vivendo na França. Chegando aos 18 anos, seus pais resgatam as tradições religiosas e obrigam a filha a escolher um entre três possíveis candidatos para se casar. Mas Zahira é uma mulher de espírito livre e não aceita seguir as tradições de seu país natal.

Drama Húngaro 
1945, Hungria, 2017. Dirigido por Ferenc Török, com Péter Rudolf e Bence Tasnádi. Baseado no conto “Hazatérés”, de Gabor T. Szántó. Em 1945, um judeu e seu filho retornam a um vilarejo na Hungria. Os habitantes ficam inquietos, e o tabelião teme que os homens possam ser herdeiros dos judeus deportados do lugar, ameaçando sua posse de propriedades adquiridas de maneira ilegal durante a guerra.

Histórico 
O Motorista de Táxi (Taeksi Woonjunsa), Coréia do Sul, 2017. Dirigido por Hun Jang, com Song Kang-Ho e Thomas Kretschmann. Um taxista de Seul é contratado por um jornalista estrangeiro para levá-lo até a cidade de Gwangju. Ao chegar lá, eles se deparam com o lugar tomado pelo governo militar e com os cidadãos, liderados por um grupo de estudantes, reivindicando liberdade. O que começa com uma simples corrida de táxi se torna uma luta pela sobrevivência em meio à Revolta de Gwangju, em maio de 1980.

Suspense 
O Assassino: O Primeiro Alvo (American Assassin), EUA, 2016. Dirigido Michael Cuesta, com Dylan O’Brien e Michael Keaton. Devastado pela morte da noiva diante de seus olhos em um atentado terrorista, Mitch Rapp dedica-se à vingança, o que chama a atenção da CIA. Recrutado, o descontrolado rapaz é enviado para o rígido treinamento de Stan Hurley, veterano militar que prepara assassinos secretos de atuação internacional e tem sérias ressalvas à avaliação psicológica de Mitch.

Escrito por marcia
Tags: , , , , , , , ,

abr 06

Este drama húngaro é sobre o final da Segunda Guerra Mundial e suas consequências numa vila da Hungria, a fotografia é em preto e branco, tem boas atuações e um roteiro interessante, diferente dos outros filmes que abordam esse momento na história. A direção é de Ferenc Török (Isztambul), com Péter Rudolf, Bence Tasnádi, Tamás Szabó Kimmel e Dóra Sztarenki.

Em um escaldante dia de agosto na Hungria de 1945, moradores se preparam para um casamento em um vilarejo onde vivem. Enquanto isso, dois estranhos chegam à estação de trem local com misteriosas caixas etiquetadas com a palavra “fragrâncias”. Os habitantes do povoado temem que os homens possam ser herdeiros dos judeus deportados da aldeia e que mais sobreviventes possam vir, representando uma ameaça às propriedades e bens que adquiriram durante a guerra.

Escrito por marcia
Tags: , , , , , ,

fev 19

A cerimônia de premiação do Festival Internacional de Cinema de Berlim foi realizada na noite de sábado (18/2), em Berlim, Alemanha. Confira os ganhadores:

URSO DE OURO – Melhor Filme
On Body and Soul (A Teströl és a Lélekröl), de Ildikó Enyedi (Hungria)
PRÊMIO PRATA DO GRANDE JÚRI
Felicité, de Alain Gomis (França/Bélgica/Senegal/Alemanha/Líbano)
URSO DE PRATA ALFRED BAUER
Spoor (Pokot), de Agnieszka Holland (Polônia/Alemanha/República Checa/Suécia/Eslováquia)
URSO DE PRATA – MELHOR DIRETOR
Aki Kaurismäki, por “The Other Side of Hope” (Toivon Tuolla Puolen) (Finlândia)
URSO DE PRATA – MELHOR ATRIZ
Kim Min-hee, por “On The Beach at Night Alone” (Coréia do Sul)
URSO DE PRATA – MELHOR ATOR
Georg Friedrich, por “Bright Nights” (Helle Nächte) (Áustria)
URSO DE PRATA – MELHOR ROTEIRO
Sebastián Lelio Gonzalo Maza, por “Una Mujer Fantástica” (Chile)
URSO DE PRATA – CONTRIBUIÇÃO ARTÍSTICA
Dana Bunescu – editora -, por “Ana, Mon Amour” (Romênia)
MELHOR PRIMEIRO LONGA-METRAGEM
Carla Simon, por “Verão 1993” (Espanha)
PRÊMIO GLASHUTTE – DOCUMENTÁRIO ORIGINAL
Ghost Hunting, de Raed Andoni (França/Palestina/Suíça/Catar)
URSO DE PRATA – MELHOR CURTA-METRAGEM
Cidade Pequena, de Diogo Costa Amarante (Portugal)
URSO DE PRATA – CURTA-METRAGEM – PRÊMIO DO JÚRI
Ensueño en la Pradera, de Esteban Arrangioz (México)
PRÊMIO AUDI – CURTA-METRAGEM
Street of Death, de Karam Ghossein (Líbano/Alemanha)
PRÊMIOS AUDIÊNCIA PANORAMA (Já anunciados anteriormente)
FICÇÃO
Insyriated, de Philippe Van Leeuw (Bélgica/França/Líbano)
SEGUNDO LUGAR
Close-Knit (Karera ga Honki de Amu toki wa), de Naoko Ogigami (Japão)
TERCEIRO LUGAR
1945, de Ferenc Török (Hungria)
PANORAMA DOKUMENT
MELHOR DOCUMENTÁRIO
Eu Não Sou Seu Negro, de Raoul Peck (França/EUA/Bélgica/Suíça)
SEGUNDO LUGAR
Chavela U.S. Dirs, de Catherine Gund e Daresha Kyi (EUA)
TERCEIRO LUGAR
Istiyad Ashbad, de Raed Andoni (França/Palestina/Suíça/Catar)
EUROPA CINEMAS BERLINALE LABEL
Insyriated, de Philippe Van Leeuw (Bélgica/França/Líbano)
GERAÇÃO  14PLUS
URSO DE CRISTAL – MELHOR FILME
Butterfly Kisses, de Rafael Kapelinski (Reino Unido)
MENÇÃO ESPECIAL
Ceux qui font les révolutions a moitie fait que se creuser un tombeau, de Mathieu Denis e Simon Lavoie (Canadá)
URSO DE CRISTAL – MELHOR CURTA-METRAGEM
Wolfe, de Claire Randall (Austrália)
MENÇÃO ESPECIAL – CURTA-METRAGEM
SNIP, de Terril Calder (Canadá)
GRANDE PRÊMIO DE MELHOR FILME
Shkola nomer 3, de Yelizaveta Smith e Georg Genoux (Ucrânia/Alemanha)
MENÇÃO ESPECIAL
Ben Naio, de Huang Ji e Ryuji Otsuka (China)
PRÊMIO ESPECIAL – MELHOR CURTA-METRAGEM
A Selva Sabe Melhor Que Você, de Juanita Onzaga (Bélgica/Colômbia)
MENÇÃO ESPECIAL
U Plavetnilo (Into the Blue), de Antoneta Alamat Kusijanovic (Croácia/Eslovênia/Suécia)

Fonte: site oficial

Escrito por marcia
Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , ,