abr 06

Pegue as guloseimas e curta estes filmes interessantes no fim de semana. Divirta-se!

 

Biografia 
A Grande Jogada (Molly Bloom), EUA/China, 2017. Dirigido por Aaron Sorkin, com Jessica Chastain e Idris Elba. Após perder a chance de participar dos Jogos Olímpicos devido a uma fatalidade que resultou em um grave acidente, a esquiadora Molly Bloom decide tirar um ano de folga dos estudos e ir trabalhar como garçonete em Los Angeles. Lá, conhece Dean Keith, um produtor de cinema que decide contratá-la como assistente, e logo Molly passa a coordenar jogos de cartas clandestinos, organizados por Dean, que conta com clientes ricos e famosos.

Biografia/Drama 
O Que Te Faz Mais Forte (Stronger), EUA, 2017. Dirigido por David Gordon Green, com Jake Gyllenhaal, Tatiana Malasny e Miranda Richardson. A trama acompanha as memórias de Jeff Bauman sobre o dia mais impactante de sua vida, 15 de abril de 2013. Enquanto esperava  seu grande amor finalizar a Maratona de Boston, ele foi atingido por uma das bombas do atentado terrorista e perdeu as duas pernas.

Biografia/Suspense 
Mark Felt: O Homem Que Derrubou a Casa Branca (Mark Felt: The Man Who Brought Down The White House), EUA, 2017. Dirigido por Peter Landesman, com Liam Neeson e Diane Lane. Mark Felt acredita que assumirá a direção do FBI após a morte do lendário J. Edgar Hoover. Mas as coisas não saem como o esperado, e ele acaba fornecendo informações aos jornalistas do jornal The Washington Post, como “Garganta Funda”, que iriam expor o escândalo de Watergate e a queda do Presidente Nixon.

Biografia/Terror 
A Maldição da Casa Winchester (Winchester), EUA/Austrália, 2017. Dirigido por Michael Spierig e Peter Spierig, com Helen Mirren e Jason Clarke. Sarah Winchester é herdeira de uma empresa de armas de fogo e acredita ser assombrada por almas que foram mortas pelo rifle criado por sua família, os Winchester. Após as repentinas mortes do marido e do filho, ela decide construir uma mansão para afastar os espíritos. Quando o psiquiatra Eric Price parte para avaliar o estado psicológico de Sarah, ele percebe que talvez a obsessão dela não seja tão insana assim.

Comédia 
Uma Noite de Loucuras (Fun Mom Dinner), EUA, 2017. Dirigido por Alethea Jones, com Toni Collette e Katie Aselton. Quatro mulheres, cujos filhos frequentam a mesma classe pré-escolar, se reúnem para um “jantar de mães divertidas”. Quando a noite toma um rumo inesperado, essas improváveis novas amigas percebem que têm mais em comum do que apenas o casamento e a maternidade. Juntas, elas recuperam um pedaço das mulheres que costumavam ser.

Comédia Dramática 
Mental, EUA, 2012. Dirigido por P.J. Hogan, com Tony Collette e Anthony LaPaglia. A família Moochmore enfrenta graves problemas: incapaz de lidar com o temperamento explosivo das cinco filhas, a mãe, Shirley, tem um ataque nervoso e é internada em um hospital psiquiátrico. Como o pai, o político Barry, não consegue cuidar das garotas sozinho, ele encontra uma mulher divertida e instável pedindo carona, e decide contratá-la para ser a babá de suas filhas.

Drama 
Minha Amiga do Parque (Mi Amiga del Parque), Argentina/Uruguai. Dirigido por Ana Katz, com Julieta Zylberberg e Ana Katz. A jovem e aflita mãe Liz se esforça para cuidar de seu filho recém-nascido enquanto o marido cineasta trabalha. Sentindo-se excluída do grupo dos outros pais que frequentam o parque, Liz acaba se aproximando da operária Rosa, uma mãe solteira de palavras simples. Mas as diferenças de classe cada vez mais aparentes entre as amigas, juntamente com os rumores que circulam sobre as intenções de Rosa, alimentam as suspeitas de Liz de que esta amizade pode ser perigosa.

Policial 
Imperium: Resistência Sem Líder (Imperium), EUA/ 2016. Dirigido por Daniel Ragussis, com Daniel Radcliffe e Toni Collette. Um agente do FBI trabalha disfarçado durante anos para encontrar e deter um grupo estadunidense de neonazistas, que creem na supremacia branca. O plano deste perigoso grupo é alcançar o caos por meio de uma bomba, enquanto Michael mede todos os seus esforços para impedi-los.

Escrito por marcia
Tags: , , , , , , , ,

fev 22

Esta biografia/drama/policial, baseada no livro homônimo de Molly Bloom, tem como tema central o jogo de pôquer, boa atuação da protagonista, boa atuação do coadjuvante, mas um roteiro regular, muito explicativo e, por isso, cansativo. A direção é de Aaron Sorkin (estreante), com Jessica Chastain, Idris Elba, Kevin Costner, Michael Cera, Jeremy Strong, Chris O’Dowd, J.C. Mackenzie e Graham Greene.

Após perder a chance de participar dos Jogos Olímpicos, a esquiadora Molly Bloom decide tirar um ano de folga dos estudos e ir trabalhar como garçonete em Los Angeles. Através de circunstâncias curiosas, ela acaba se tornando milionária e famosa por organizar os mais exclusivos jogos de pôquer da região.

Escrito por marcia
Tags: , , , , , , , , , , ,

fev 14

Autor: Bloom, Molly 
Tradutor: Marques, Renato
Editora: Intrínseca
Páginas: 272
1a Edição: 2018
Assunto: Biografias

Sinopse: 
Com pouco mais de 30 anos, Molly Bloom ganhou as manchetes de jornais ao ser presa pelo FBI por operar fora da legalidade uma das milionárias mesas de pôquer do mundo. Bonita e atraente, cortejada por homens poderosos, com um guarda-roupa de grife e montanhas de dinheiro no banco, a Princesa do Pôquer, como ficou conhecida, parecia mais uma estrela de Hollywood que uma criminosa confessa. E foi em Hollywood mesmo que ela começou, do zero, a promover as mesas pelas quais passariam, nos anos seguintes, centenas de milhões de dólares, em partidas que aconteciam em luxuosas suítes de hotéis, para uma seleta lista de convidados dispostos a desembolsar quantias que partiam de seis dígitos. Entre eles, astros como Leonardo DiCaprio, Tobey Maguire e Ben Affleck, mandachuvas da indústria do entretenimento, líderes estrangeiros, grandes magnatas e até mesmo a máfia russa. Memórias de excessos, glamour e ganância narradas por uma mulher que cruzou a linha que separa o legal do ilegal. Uma história única, perigosa e surpreendente.

Fonte: Livraria Cultura
Importante: A adaptação para o cinema foi lançada em 2017 e dirigida por Aaron Sorkin, com Jessica Chastain no papel principal.

Escrito por marcia
Tags: , , , , ,

jan 30

A bela Jessica Chastain posou em frente a Sydney Opera House, na segunda-feira (29/1), em Sydney, Austrália. A atriz está na cidade para promover a biografia/drama “Molly’s Game” (título brasileiro: “A Grande Jogada”), de Aaron Sorkin, e usou um vestido vermelho da grife Preen – com uma maquiagem leve, mas com um batom vermelho da cor do vestido. O filme estreará no Brasil em 22 de fevereiro.

Fonte: JustJared

Escrito por marcia
Tags: , , , , , ,

jan 18

A bela Jessica Chastain está na capa e no recheio da revista americana WSJ., que faz parte do The Wall Street Journal, última edição. A atriz, que é a protagonista do filme “A Grande Jogada”, fala como seu passado influencia suas escolhas: “Minha mãe era uma mãe solteira. Não sei quem é meu pai biológico, e cresci em uma casa que era, financeiramente, instável. Houve um ponto de virada na minha vida, onde vivíamos com alguém que não gostávamos muito, um namorado de minha mãe. E ele fez uma coisa: meu quarto estava bagunçado, ou o que quer que fosse, e ele pegou minhas roupas, eu dizia a ele para me devolver minhas coisas e ele me deu uma bofetada. Acabei chutando-o nos seus órgãos genitais e ele caiu no chão imediatamente. Era eu, minha irmã e meu irmão – lembro de olhar para o rosto de minha irmã, e ambas estávamos como: ‘Oh, meu Deus, o que acabei de fazer?’. E, então, corri para fora de casa. Mas sempre que olho para trás nesse momento é como soubesse que, ok, se algo acontecer comigo, sou capaz de lutar. Ele nunca aprontou comigo novamente. Se você permitir que um valentão intimide ou vitimize você, eles continuarão a fazê-lo. Os valentões são fracos, eles não seguem pessoas fortes.” Sobre como o produtor Harvey Weinstein se referiu sobre ela uma vez: “Ele realmente disse em público: ‘Se tivesse que entrar em um ringue de boxe com Muhammad Ali ou Jessica Chastain, escolheria Muhammad Ali’.” E sobre seu marido Gian Luca Passi de Preposulo: “Nunca quis me casar. Quando conheci meu marido, ele sabia que o casamento não era algo que me interessava. E então, quando nos conhecemos, a ideia do casamento mudou para mim. Há coisas que vale a pena celebrar – e ele vale a pena celebrar. Na verdade, amo estar casada. Nunca pensei que sim, mas este é um ser humano espetacular, e estou comemorando compartilhar minha vida com ele.”

Fonte: JustJared

Escrito por marcia
Tags: , , ,

dez 13

A bela Jessica Chastain posou no tapete vermelho da première de “Molly’s Game” (título brasileiro: “A Grande Jogada”), de Aaron Sorkin, na terça-feira (12/12), realizada no teatro Tuschinski, em Amsterdã, Holanda. A atriz – que já passou pelo Reino Unido, Alemanha e Espanha – usou no evento um belo vestido Elie Saab. Jessica foi indicada nesta semana ao Globo de Ouro 2018 por este filme e, claro, ficou muito feliz. O filme estreará no Brasil em primeiro de fevereiro.

Fonte: JustJared

Escrito por marcia
Tags: , , , , , , ,