dez 07

Esta comédia romântica nacional é sobre amor entre diferentes, é divertida, tem atuações medianas, roteiro regular e não saia da sala antes dos créditos finais. A direção é de Pedro Antônio (Tô Ryca!) e Álvaro Campos (estreante), com Gigante Leo, Camila Márdila, Felipe Abib, Maria Eduarda Carvalho e Pedro Sol.

Décio, um treinador que trabalha no Jockey Club Brasileiro, se apaixona à primeira vista por Lena, uma jovem que recebeu como herança um empreendimento endividado no clube. Tímido, ele não tem coragem de se declarar, mas acaba sendo convencido por amigos a se aproximar pelo humor, fazendo a melancólica moça aprender a sorrir.

Escrito por marcia
Tags: , , , , , , , ,

out 05

premio-do-cinema-brasileiro-2016A cerimônia de premiação do Prêmio do Cinema Brasileiro foi realizada no Teatro Municipal, na noite de terça-feira (4/10), no Rio de Janeiro. Confira a lista dos ganhadores:

MELHOR LONGA-METRAGEM – FICÇÃO
Que Horas Ela Volta?, de Anna Muylaert
MELHOR LONGA-METRAGEM – DOCUMENTÁRIO
Chico – Artista Brasileiro, de Miguel Faria Jr.
MELHOR LONGA-METRAGEM – COMÉDIA
Infância, de Domingos Oliveira
MELHOR LONGA-METRAGEM – ANIMAÇÃO
Até Que a Sbórnia Nos Separe, de Otto Guerra
MELHOR DIREÇÃO
Anna Muylaert, por “Que Horas Ela Volta?”
MELHOR ATRIZ
Regina Casé, por “Que Horas Ela Volta?”
MELHOR ATOR
Marco Ricca, por “Chatô – O Rei do Brasil”
MELHOR ATRIZ COADJUVANTE
Camila Márdila, por “Que Horas Ela Volta?”
MELHOR ATOR COADJUVANTE
Chico Anysio, por “A Hora e a Vez de Augusto Matraga”
MELHOR DIREÇÃO DE FOTOGRAFIA (empate)
Adrian Teijido, por “Órfãos do Eldorado”
Mauro Pinheiro Jr., por “Sangue Azul”
MELHOR ROTEIRO ORIGINAL
Anna Muylaert, por “Que Horas Ela Volta?”
MELHOR ROTEIRO ADAPTADO
Guilherme Fontes, João Emanuel Carneiro Matthew Robbins, por “Chatô – O Rei do Brasil”
MELHOR DIREÇÃO DE ARTE
Gualter Pupo, por “Chatô – O Rei do Brasil”
MELHOR FIGURINO
Rita Murtinho, por “Chatô – O Rei do Brasil”
MELHOR MAQUIAGEM
Maria Lucia Mattos e Matín Macias, por “Chatô – O Rei do Brasil”
MELHOR EFEITO VISUAL
Robson Sartori, por “A Estrada 47”
MELHOR MONTAGEM – FICÇÃO
Karen Harley, por “Que Horas Ela Volta?”
MELHOR MONTAGEM – DOCUMENTÁRIO
Diana Vasconcellos, por “Chico – Artista Brasileiro”
MELHOR SOM
Bruno Fernandes Rodrigo Noronha, por “Chico – Artista Brasileiro”
MELHOR TRILHA SONORA
Luis Claudio Ramos, a partir da obra de Chico Buarque, por “Chico – Artista Brasileiro”
MELHOR LONGA-METRAGEM ESTRANGEIRO
O Sal da Terra, de Wim Wenders e Juliano Ribeiro Salgado
MELHOR CURTA-METRAGEM – ANIMAÇÃO
Égun, de Helder Quiroga
MELHOR CURTA-METRAGEM – DOCUMENTÁRIO
Uma Família Ilustre, de Beth Formaggini
MELHOR CURTA-METRAGEM – FICÇÃO
Rapsódia de Um Homem Negro, 
de Gabriel Martins

Fonte: uol.com

Escrito por marcia
Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

jun 02

O Outro Lado do ParaísoEste drama nacional, que é baseado em um dos contos do livro homônimo do escritor Luiz Fernando Emediato, mostra a construção de Brasília e o início da Ditadura no país, tem uma atuação mediana do protagonista e um roteiro interessante. A direção é de André Ristum (Meu País), com Davi Galdeano, Eduardo Moscovis, Simone Iliescu, Taís Andrade, Jonas Bloch, Murilo Grossi, Flavio Bauraqui, Mariana Nunes e Camila Márdila.

Antônio faz o que pode para conseguir dinheiro para o sustento do lar. Atraído pelas promessas do Presidente João Goulart e pela ampla oferta de emprego, ele se muda para Brasília com a esposa e filhos. O sonho da prosperidade, no entanto, é interrompido pelo golpe militar e o pai de família, envolvido com o sindicalismo, começa a viver um pesadelo.

Escrito por marcia
Tags: , , , , , , , , , , ,

set 03

Que Horas Ela Volta?Este drama nacional, premiadíssimo mundialmente, tem humor, uma boa atuação da protagonista, bom roteiro, que aborda questões sociais e a delicada relação entre patrões e empregados. A direção é de Anna Muylaert (É Proibido Fumar), com Regina Casé, Camila Márdila, Helena Albergaria, Luis Miranda, Michel Joelsas, Lourenço Mutarelli, Karine Teles e Theo Werneck.

Depois de deixar a filha no interior de Pernambuco e passar 13 anos como babá do menino Fabinho em São Paulo, Val tem estabilidade financeira mas convive com a culpa por não ter criado sua filha Jéssica. Às vésperas do vestibular do garoto, no entanto, ela recebe um telefonema da filha que parece ser sua segunda chance. Jéssica quer apoio para vir a São Paulo prestar vestibular. Com alegria e ao mesmo tempo apreensão, Val prepara a tão sonhada vinda da filha, apoiada por seus patrões, mas quando a moça chega a convivência não será nada fácil para esta mãe.

Escrito por marcia
Tags: , , , , , , , , , ,

fev 01

O festival de filmes independentes americano, Sundance Film Festival, teve a cerimônia de premiação realizada, na noite de sábado (31/1), em Park City, Utah. Confira os vencedores:

DRAMA  – EUA
GRANDE PRÊMIO DO JÚRI
Me and Earl and Dying Girl
PRÊMIO DE DIREÇÃO
Robert Eggers, por “The Witch”
PRÊMIO DE ROTEIRO WALDO SALT
O Experimento da Prisão de Stanford
PRÊMIO ESPECIAL DO JÚRI – FOTOGRAFIA
O Diário de Um Adolescente
PRÊMIO ESPECIAL DO JÚRI – VISÃO COLABORATIVA
Advantageous
PRÊMIO DO PÚBLICO
Me and Earl and The Dying Girl
PRÊMIO ESPECIAL DO JÚRI – EDIÇÃO
Dope

DOCUMENTÁRIO – EUA
GRANDE PRÊMIO DO JÚRI
The Wolfpack
PRÊMIO DE DIREÇÃO
Matthew Heineman, por “Cartel Land”
PRÊMIO ESPECIAL DO JÚRI – IMPACTO SOCIAL
3 1/2 Minutes
PRÊMIO ESPECIAL DO JÚRI – VÉRITÉ FILMMAKING
Western
PRÊMIO ESPECIAL DO JÚRI – PRIMEIRO LONGA
(T) Error
PRÊMIO ESPECIAL DO JÚRI – FOTOGRAFIA
Cartel Land
PRÊMIO DO PÚBLICO
Meru

CINEMA MUNDIAL – DRAMA
GRANDE PRÊMIO DO JÚRI
Slow West
PRÊMIO DE DIREÇÃO
Alante Kavaïté, por “The Summer of Sangaile”
PRÊMIO ESPECIAL DO JÚRI – FOTOGRAFIA
Germain McMiking, por “Partisan”
PRÊMIO ESPECIAL DO JÚRI – ATOR
Jack Reynor, por “Glassland”
PRÊMIO ESPECIAL DO JÚRI – ATRIZ (empate)
Regina Casé Camila Márdila, por “Que Horas Ela Volta?”
PRÊMIO DO PÚBLICO
Umrika

DOCUMENTÁRIO MUNDIAL
GRANDE PRÊMIO DO JÚRI
Russian Woodpecker
PRÊMIO DE DIREÇÃO
Kim Longinotto, por “Dreamcatcher”
PRÊMIO ESPECIAL DO JÚRI – ACESSO SEM PRECEDENTES
The Chinese Mayor
PRÊMIO ESPECIAL DO JÚRI – IMPACTO
Pervert Park
PRÊMIO ESPECIAL DO JÚRI – EDIÇÃO
Como Mudar o Mundo
PRÊMIO DO PÚBLICO
Dark Horse

PRÊMIOS ESPECIAIS
PRÊMIO DE CINEMA ALFRED P. SLOAN
O Experimento da Prisão de Stanford
SUNDANCE INSTITUTE GLOBAL FILMMAKING AWARD
.Be Safe I Love You (Arábia Saudita)
.The Poet (Somália)
.Luxembourg (Ucrânia)
.Rosebuds (Polônia/Alemanha)

Fonte: site oficial

Escrito por marcia
Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,