jul 27

Esta comédia dramática francesa emociona, tem humor, um tema sobre amor e perdão, ótimas atuações das protagonistas, trilha sonora pertinente e um bom roteiro, mas que chega perto de um melodrama. A direção é de Martin Provost (Violette), com Catherine Deneuve, Catherine Frot, Olivier Gourmet, Quentin Dolmaire, Mylène Demongeot e Pauline Etienne.

Claire é uma parteira muito talentosa, com um jeito todo gentil e especial de trazer os bebês ao mundo. Contudo, com o passar dos anos, seu método delicado, seu senso de orgulho e responsabilidade entram em conflito com as técnicas mais orientadas para eficiência dos hospitais modernos. Um dia, recebe um inesperado telefonema da Beatrice, pessoa frívola, ex-amante de seu falecido pai. A mulher quer vê-la com urgência pois tem algo importante para lhe contar, depois de 30 anos de sumiço. Opostas em tudo, segredos serão revelados e poderão recomeçar um relacionamento em outras bases, recuperando o tempo perdido.

Escrito por marcia
Tags: , , , , , , , , ,

abr 03

No filme “Os Sabores do Palácio”, a cozinheira francesa DanièleDelpeuch (vivida por Catherine Frot) é convidada para ser a chef particular do presidente francês François Miterrand (vivido por Jean d’Ormesson), no Palácio do Eliseu, onde passa a fazer delícias tipicamente francesas, como a torta Saint Honoré. Confira a receita:

INGREDIENTES
.1 lâmina de massa folhada

MASSA DE BOMBA
.1 e 1/2 xícara (chá) de farinha de trigo
.3/4 de xícara (chá) de manteiga sem sal
.1 colher (café) de açúcar refinado
.4 a 6 ovos
.1 e 3/4 de água
CREME DE CONFEITEIRO
.4 gemas
.1 fava ou essência de baunilha
.1 xícara (chá) de açúcar refinado
.2 colheres (sopa) de farinha de trigo
.2 xícaras (chá) de leite
.1 xícara (chá) de creme de leite fresco
CARAMELO
.1 e 1/2 xícara (chá) de açúcar refinado
.2 colheres (sopa) de glucose
.1 colher (café) de cremor tártaro
.água

MODO DE PREPARO
Massa de bomba – Coloque a água, a manteiga, o açúcar e o sal em uma panela. Leve ao fogo e deixe levantar fervura. Depois disso, adicione a farinha de trigo e misture bem até virar uma massa homogênea. Quando soltar do fundo da panela está pronta. Coloque-a na batedeira e bata. Quando ficar morna, comece a colocar os ovos um a um, até o quarto. Depois verifique se a massa chegou no ponto – que é uma textura elástica, mas que não rasga. Se não estiver perfeita, coloque mais um ovo ou dois até está no ponto certo. Depois monte a torta no disco da massa folhada, mas antes fure a massa folhada para não formar bolhas. Ponha a massa de bomba em um saco de confeitar, com bico liso número três. Faça um círculo na lateral de todo o disco. Como tradição, e como homenagem a Santo Honório, o chef faz um S no centro do disco. Leve a massa para assar em forno pré-aquecido a 180 graus, até dourar. A parte, prepare 15 bombinhas (ou profiteroles), que vão compor a lateral da torta depois de pronta. Faça-as com saco de confeiteiro as 15 bolinhas em um tabuleiro e leve ao forno até dourarem. Tire do forno e reserve.

Creme de confeiteiro- Coloque em uma panela o leite, metade do açúcar, a fava (se for usar a essência de baunilha, só depois de tirar do fogo), leve ao fogo até levantar fervura. Em uma vasilha, misture o restante do açúcar com as gemas, até clarear. Acrescente a farinha de trigo e misture. Depois que o leite levantar fervura, ponha metade na vasilha e misture. Volte esta mistura para a panela, junte a outra metade do leite e cozinhe, mexendo sem parar, até engrossar e ficar na testura de creme. Retire do fogo, cubra com plástico filme e deixe esfriar.

Calda de caramelo- Coloque em uma panela, o açúcar refinado, a glucose, a água (o suficiente para molhar o açúcar) e o cremor de tártaro. Deixe levantar fervura, mas o caramelo tem que ser claro.

Montagem final- Recheie as bombinhas, pela parte de baixo delas, com o bico número um, com o creme. Mergulhe a parte superior na calda de caramelo. Cuidado para não se queimar.
Bata o creme de leite fresco até virar chantilly e misture ao restante do creme de confeiteiro. Para fixar as bombinhas na lateral do disco, passe a calda na parte inferior deles.
Coloque o creme na parte central da torta e por cima ponha um ninho de caramelo. Leve à geladeira antes de servir. Bon Appetit!

Fonte: globo.com e Google

Escrito por marcia
Tags: , , ,

jun 23

MargueriteEste drama francês, que se passa na década de 1920, tem boa direção de arte, boa atuação da protagonista, boa fotografia, bom figurino, tem humor e um bom roteiro. A direção é de Xavier Giannoli (Quando Estou Amando), com Catherine Frot, André Marcon, Michael Fau, Denis Mpunga, Christa Théret, Sylvain Dieuaide, Aubert Fenoy e Sophie Leboutte.

Marguerite Dumont tem o sonho de ser uma cantora de ópera bem sucedida, mas que não tem o talento para tal. Sua família alimenta essa ilusão, mas tudo muda depois que ela, finalmente, se apresenta ao vivo e choca o público com sua voz.

Escrito por marcia
Tags: , , , , , , , , , ,

fev 27

César 2016Fatima - cena do filmeA cerimônia de premiação, o César, considerado o Oscar do cinema francês, foi realizada na noite da sexta-feira (26/2), em Paris, França. Confira os ganhadores:

MELHOR FILME
Fátima, de Philippe Faucon
MELHOR DIRETOR
Arnaud Desplechin, por “Trois Souvenirs De Ma Jeunesse”
MELHOR ATRIZ
Catherine Frot, por “Marguerite”
MELHOR ATOR
Vincent Lindon, por “La Loi Du Marché”
MELHOR ATRIZ COADJUVANTE
Sidse Babett Knudsen, por “L’hermine”
MELHOR ATOR COADJUVANTE
Benoît Magimel, por “La Tête Haute”
MELHOR ATRIZ REVELAÇÃO
Zita Hanrot, por “Fatima”
MELHOR ATOR REVELAÇÃO
Rod Paradot, por “La Tête Haute”
MELHOR FILME DE DIRETOR ESTREANTE
Cinco Graças, de Deniz Gamze Ergüven
MELHOR ROTEIRO ORIGINAL
Deniz Gamze Ergüven & Alice Winicour, por “Cinco Graças”
MELHOR ROTEIRO ADAPTADO
Philippe Faucon, por “Fatima”
MELHOR FILME ESTRANGEIRO
Birdman 
MELHOR PRIMEIRO FILME
Cinco Graças 
MELHOR FILME DE ANIMAÇÃO
O Pequeno Príncipe 
MELHOR DOCUMENTÁRIO
Demain
MELHOR MÚSICA
Warren Ellis, para “Cinco Graças”
MELHOR MONTAGEM
Mathilde Van Moortel, por “Cinco Graças”
MELHOR FOTOGRAFIA
Christophe Offenstein, por “Valley of Love”
MELHOR FIGURINO
Marguerite 
MELHOR DIREÇÃO DE ARTE
Martin Kurel, por “Marguerite”
MELHOR SOM
François Musy & Gabriel Hafner, por “Marguerite”
MELHOR CURTA-METRAGEM
La Contre-Allée 
MELHOR CURTA DE ANIMAÇÃO
Le Repas Dominical

Fonte: site oficial

Escrito por marcia
Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,