out 02

Este drama/suspense, que é baseado no best-seller homônimo da escritora americana Gillian Flynn, é cheio de mistério com uma narrativa fragmentada, bem dirigido, tem boas atuações dos protagonistas e nos conquista desde o início, mas, claro, o livro é melhor. A direção é de David Fincher (Clube da Luta), com Rosamund Pike, Ben Affleck, Neil Patrick Harris, Tyler Perry, Carrie Coon, Kim Dieckens e Missi Pyle.

Quando Amy Dunne desaparece no dia de seu aniversário de casamento, o marido, Nick, passa a ser o suspeito e foco dos holofotes da mídia. Com o apoio de sua irmã gêmea, Margô, Nick tenta provar sua inocência e, ao mesmo tempo, procura descobrir o que aconteceu com Amy.

Escrito por marcia
Tags: , , , , , , , , , , ,

dez 18

O astro bonitão, Brad Pitt, porque para mim ele é tudo de bom, completa, nesta quarta-feira (18/12), 50 anos. A beleza continua a mesma, porém, mais madura. Como ator ele também amadureceu e isso é fácil de notar em muitos de seus filmes, por exemplo: “Clube da Luta” e “Bastardos Inglórios”. Como produtor está apostando em boas produções, como “Árvore da Vida” e “12 Years a Slave”, entre outras. E na vida pessoal é aonde está melhor: oito anos com Angelina Jolie lhe fez ser um cidadão do mundo, que ajuda os necessitados no mundo todo, e formou uma bela família – com três filhos biológicos e três adotivos. Só falta ganhar o Oscar. Parabéns!

Fonte: JustJared

Escrito por marcia
Tags: , , , , ,

maio 01

Hoje, quarta-feira (primeiro de maio), ao acordar, li uma linda matéria da revista Alfa sobre a bela pessoa (por dentro e por fora) que é Brad Pitt, prestes a completar 50 anos em dezembro deste ano. Na publicação, que exalta a evolução deste ator, há vários depoimentos dele, como o seu grande feito: “Encontrei uma mulher que amo, e as crianças expandiram meu mundo muito além do que imaginava. Isso é muito gratificante, ainda que eu não consiga mais dormir. Ser pai de uma grande e numerosa família amorosa é o ponto alto da minha vida”. Sobre a coragem de ter largado a faculdade de jornalismo no final dos anos de 1980, duas semanas antes de se graduar, e ter se arriscado na carreira de ator: “Queria fazer algo diferente e tive a ideia de me tornar ator para ver até onde isso me levaria”. Uma década depois, sendo o objeto de desejo das mulheres e invejado pelos homens nos quatro canto do mundo, usava sua casa como esconderijo: “Passei parte dos meus trinta anos triste e perdido. Fiquei realmente doente nessa época, não sabia lidar com essa condição de celebridade. Fumava muita maconha e passava o tempo inteiro esticado no sofá”. A hora de mudar: “Percebi há alguns anos que o tempo é curto e passei a entrar só em projetos realmente importantes para mim e que resistirão ao teste da longevidade, que envelhecerão sem perder a força”. Brad fez ótimos filmes a partir daí, como: ‘Clube da Luta’, ‘Snatch’, ‘Bastardos Inglórios’, ‘A Árvore da Vida’, ‘Moneyball’. Sobre o envelhecimento: “Ser mais velho é realmente doce e melhor em alguns aspectos. Parei de ser agarrado nas ruas e vi que minha relação com o público se aprofundou e passou a ser orientada pela qualidade do meu trabalho”. Com Angelina Jolie têm três lares pelo mundo: uma casa de três andares em Los Angeles, onde ficam na maior parte do ano; uma casa em Londres, onde a família costuma passar o verão; e um castelo na França, que é a residência preferida por dificultar o acesso dos paparazzi. Mas o astro gosta mesmo é de viajar: “Ainda me sinto inquieto e gosto cada vez mais de viajar. Quero ver o mundo, ver tudo o que for possível”. Pitt também valoriza seus pais e a educação que recebeu, refletindo agora na família em que criou, que apesar de ter todos os privilégios, se baseia no afeto: “O foco em fazer minha família feliz e segura me tornou mais generoso e amoroso”. E finaliza: “Tenho a vida que sempre quis”. (Clique nas fotos para vê-las melhor).

Fonte: abril.com

Escrito por marcia
Tags: , , , , , , ,

jun 27

Autor: Palahniuk, Chuck
Editora: Leya
Páginas: 272
Primeira Edição: 2012

Sinopse:
Considerado um clássico moderno desde sua publicação em 1996, o livro Clube da Luta consagrou Chuck Palahniuk como um dos mais importantes e criativos autores contemporâneos, além do próprio livro como um cânone da cultura pop. O livro que estva esgotado há anos volta às livrarias nessa caprichada edição. O clube da luta é idealizado por Tyler Durden, que pensa ter encontrado uma maneira de viver fora dos limites da sociedade e das regras sem sentido. Mas o que está por vir de sua mente pode piorar muito daqui para frente.

O livro foi filmado em 1999, pelo indicado ao Oscar de melhor diretor, David Fincher (por O Curioso Caso de Benjamin Button e A Rede Social), que conseguiu adaptar toda atmosfera do livro, o mundo caótico do personagem e o humor negro de Palahniuk em uma trama recebida com inúmeros elogios pela crítica e pelo público que conta com os atores Brad Pitt, Edward Norton e Helena Bonham Carter.

Fonte: Livraria Leitura

 

Escrito por marcia
Tags: , , , , , ,

set 17

Pegue o sorvete e as outras guloseimas, escolha a poltrona e relaxe com estes bons filmes. Divirta-se!

Ação
Clube da Luta (Fight Club), Alemanha/EUA, 1999. Dirigido por David Fincher, com Brad Pitt e Edward Norton. Jack é um executivo que trabalha como investigador de seguros, tem uma boa vida financeira, mas sofre com problemas de insônia. Para tentar se curar, ele começa a frequentar terapias em grupo, mas sua vida vira de cabeça para baixo quando ele Tyler. Com ele, forma um clube de luta, onde pessoas são amigas, mas se esmurram violentamente em algumas noites.


Comédia
Jovens, Loucos e Rebeldes (Dazed and Confused), EUA, 1993. Dirigido por Richard Linklater, com Jason London e Rory Cochrane. 1976. Loucura total no dia da graduação da escola do Texas: os veteranos aprontam ao máximo com os calouros no início da noitada e todos estão em busca da festa mais selvagem e divertida. Os rapazes pilotam carros velozes e exibem sua agressividade, enquanto as garotas discutem o futuro e se contorcem em jeans apertadíssimos. As drogas são servidas à vontade e a cerveja rola solta. E é nesse clima de vale tudo que os veteranos convidam os calouros para uma entrada antecipada neste mundo.


Comédia Romântica
Igual a Tudo na Vida (Anything Else), EUA, 2003. Dirigido por Woody Allen, com Jason Biggs e Christina Ricci. Jerry Falk é o comediante inseguro que se apaixona perdidamente por Amanda, durante um concerto de jazz de Diana Krall. Ele faz caminhadas diárias pelo Central Park, e descansa nos bancos do lugar, para receber conselhos de David Dobel, um neurótico de igual estirpe, só que mais experiente.


Drama
Lendas da Paixão (Legends of The Fall), EUA, 1994. Dirigido por Edward Zwick, com Brad Pitt, Anthony Hopkins e Aidan Quinn. Três irmãos, três destinos. Alfred, o mais velho, é reservado; o caçula Samuel é o protegido; e, o do meio, Tristan, aprendeu com os índios a ter um espírito aventureiro. Ao voltar para o rancho do pai, Samuel traz sua jovem bela noiva. A partir daí um conflito de paixões acontece e pode terminar em tragédia para sua família.


Faroeste
800 Balas (800 Bullets), Espanha, 2002. Dirigido por Álex de La Iglesia, com Sancho Gracia e Carmen Maura. Texas Hollywood, lá vivem Julian, um veterano do cinema que convive com Manuel, nostálgico sem remédio e Cheyene, um pistoleiro covarde e sem sorte. Ao lado de outros malucos, eles ganham dinheiro divertindo turistas que visitam a cidade cinematográfica. Tudo vai bem até que aparece um garoto, Carlos, neto de Julian, que foge de uma excursão para conhecer o avô. Sua mãe é uma executiva agressiva que decide enfrentar todos os fantasmas de seu passado.


Policial
Memórias de Um Assassino (Salinui Chueck), Coreia do Sul, 2003. Dirigido por Joon-ho Bong, com Kang-ho Song e Sang-kyung Kim. Província de Gynnggi, Coreia do Sul, durante uma ditadura militar. O corpo de uma jovem brutalmente assassinada é encontrado pela polícia. Dois meses depois, em outro lugar, a brutalidade se repete. E em um local onde jamais havia acontecido algo parecido, os tiras se preparam para lidar com um assassino em série. Começa entãouma interessante investigação liderada pelo detetive Park Doo Man.


Romance
Encontros e Desencontros (Lost in Translation), EUA/Japão, 2003. Dirigido por Sofia Coppola, com Scarlett Johansson e Bill Murray. Um ator fracassado vai a Tóquio gravar um comercial. Lá ele se hospeda num hotel onde encontra a esposa solitária de um fotógrafo e os dois passam, juntos, um inesquecível fim de semana, em uma espécie de viagem de auto conhecimento e que vai outro sentido à vida deles.


Terror
Audition (Ôdishon), Japão, 1999. Dirigido por Takashi Miike, com Ryo Ishibashi e Elhi Shiina. Um viúvo começa a fazer testes (audições) para a TV afim de descobrir um novo amor. Mas a que mais lhe interessa não é nada como parece ser. Ela mora em um apartamento vazio, mobiliado apenas com um saco e um telefone.


Escrito por marcia
Tags: , , , , , , , ,