set 03

O Ministério da Cultura divulgou ontem, sábado (2/9), 23 filmes que estão habilitados a concorrer à vaga de representante do país na categoria melhor filme estrangeiro, no Oscar 2018. Confira quais são:

.A Família Dionti, de Alan Minas
.A Glória e a Graça, de Fávio Ramos Tambellini
.Bingo – O Rei das Manhãs, de Daniel Rezende
.Café – Um Dedo de Prosa, de Maurício Squarisi
.Cidades Fantasmas, de Tyrell Spencer
.Como Nossos Pais, de Laís Bodanzky
.Corpo Elétrico, de Marcelo Caetano
.Divinas Divas, de Leandra Leal
.Elis, de Hugo Prata
.Era o Hotel Cambridge, de Eliane Caffé
.Fala Comigo, de Felipe Sholl
.Gabriel e a Montanha, de Fellipe Barbosa
.História Antes da História, de Wilson Lazaretti
.Joaquim, de Marcelo Gomes
.João, o Maestro, de Mauro Lima
.La Vingança, de Fernando Fraíha e Jiddu Pinheiro
.Malasartes e o Duelo com a Morte, de Paulo Morelli
.O Filme da Minha Vida, de Selton Mello
.Polícia Federal – A Lei é Para Todos, de Marcelo Antunez
.Por Trás do Céu, de Caio Sóh
.Quem é Primavera das Neves, de Ana Luiza Azevedo e Jorge Furtado
.Real – O Plano Por Trás da História, de Rodrigo Bittencourt
.Vazante, de Fernando Fraiha e Jiddu Pinheiro

Fonte: Folha.com

Escrito por marcia
Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

ago 31

Este drama nacional questiona o papel da mulher na sociedade, tem bom elenco, boas atuações dos protagonistas, é bem dirigido, ganhou seis prêmios no Festival de Gramado 2017 – melhor filme, melhor direção, melhor ator, melhor atriz, melhor atriz coadjuvante e melhor montagem -, é um filme humano e tem um bom roteiro. A direção é de Laís Bodanzky (As Melhores Coisas do Mundo), com Paulo Vilhena, Maria Ribeiro, Clarisse Abujamra, Jorge Mautner, Annalara Prates, Felipe Rocha e Sophia Valverde.

Rosa, de 38 anos, é uma mulher que se encontra em uma fase peculiar de sua vida, marcada por conflitos  pessoais e geracionais: ao mesmo tempo em que precisa desenvolver sua habilidade como mãe de duas garotas, manter seus sonhos, seus objetivos profissionais e enfrentar as dificuldades do casamento, Rosa também continua sendo filha de sua mãe, Clarice, com quem possui uma relação cheia de conflitos.

Escrito por marcia
Tags: , , , , , , , , , ,

ago 27

A cerimônia de premiação d 45a edição do Festival de Gramado foi realizada no Palácio dos Festivais, na noite de sábado (26/8), em Gramado, Rio Grande do Sul. O grande vencedor da noite foi o drama brasileiro “Como Nossos Pais”, de Laís Bodanzky. A estrela do cinema brasileiro Dira Paes foi a grande homenageada, por sua carreira, no dia anterior (25/8). E a estrela argentina Soledad Villamil foi homenageada na quinta-feira (24/8). Confira os ganhadores:

LONGA-METRAGEM BRASILEIRO
Melhor Filme
Como Nossos Pais 
Melhor Direção
Laís Bodanzky, por “Como Nossos Pais”
Júri Popular
Bio, de Carlos Gerbase
Prêmio Especial do Júri
Carlos Gerbase, por “Bio”
Troféu Cidade de Gramado – Prêmio do Júri
Eliane Giardini & Paulo Betti 
Melhor Ator
Paulo Vilhena, por “Como Nossos Pais”
Melhor Atriz
Maria Ribeiro, por “Como Nossos Pais”
Melhor Roteiro
Fábio Meira, por “As Duas Irenes”
Melhor Direção de Arte
Fernanda Carlucci, por “As Duas Irenes”
Melhor Atriz Coadjuvante
Clarisse Abujamra, por “Como Nossos Pais”
Melhor Ator Coadjuvante
Marco Ricca, por “As Duas Irenes”
Prêmio da Crítica
As Duas Irenes, de Fábio Meira
Melhor Fotografia
Fabrício Tadeu, por “O Matador”
Melhor Trilha Sonora
Ed Cortês, por “O Matador”
Melhor Desenho de Som
Augusto Stern & Fernando Efron, por “Bio”
Melhor Montagem
Rodrigo Menecucci, por “Como Nossos Pais”

TROFÉU OSCARITO
Dira Paes

LONGA-METRAGEM ESTRANGEIRO
Melhor Filme
Sinfonía Para Ana
Melhor Direção
Federico Godfrid, por “Pinamar” (Argentina)
Melhor Filme – Júri Popular
Mirando al Cielo, de Gusmán García (Uruguai)
Prêmio Especial do Júri
Los Niños, de Maite Alberdi (Chile/Colômbia/Holanda/França)
Prêmio da Crítica
Pinamar, de Federico Godfrid
Melhor Roteiro
Joel Calero, por “La Ultima Tarde” (Peru)
Melhor Ator
Juan Grandinetti & Agustín Pardella, por “Pinamar”
Melhor Atriz
Katerina D’Onofrio, por “La Ultima Tarde”
Melhor Fotografia
Fernando Molina, por “Sinfonía Para Ana” (Argentina)

KIKITO DE CRISTAL
Soledad Villamil (Argentina)

MELHOR CURTA-METRAGEM BRASILEIRO
Melhor Filme
A Gis, de Thiago Carvalhaes (SP)
Melhor Direção
Calí dos Anjos, por “Tailor” (RJ)
Melhor Filme – Júri Popular
A Gis, de Thiago Carvalhaes
Melhor Ator
Nando Cunha, por “Telentrega”
Melhor Atriz
Sofia Brandão, por “O Espírito do Bosque”
Prêmio 150 Anos – Canadá Para Jovens Cineastas
Calí dos Anjos, por “Tailor”
Prêmio Canal Brasil
O Quebra-cabeça de Sara, de Allan Ribeiro (RJ)
Prêmio Especial do Júri
Cabelo Bom, de Swahili Vidal (RJ)
Júri da Crítica
O Quebra-cabeça de Sara 
Melhor Roteiro
Carolina Markovicz, por “Postergados”(SP)
Melhor Fotografia
Pedro Rocha, por “Telentrega”
Melhor desenho de Som
Fernando Henna & Daniel Turini, por “Caminhos dos Gigantes” (SP)
Melhor Trilha Musical
Dênio de Paula, por “O Violeiro Fantasma” (GO)
Melhor Direção de Arte
Wesley Rodrigues, por “O Violeiro Fantasma”
Melhor Montagem
Beatriz Pomar, por “A Gis”)

Fonte: G1

Escrito por marcia
Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

ago 20

A 45a edição do Festival de Gramado teve sua abertura com a exibição do filme “João, O Maestro”, de Mauro Lima, na noite de sexta-feira (18/8), em Gramado, Rio Grande do Sul. A Mostra Competitiva foi inaugurada com a exibição do faroeste “O Matador”, de Marcelo Galvão, o primeiro do Netflix produzido no Brasil. O evento terminará no próximo dia 26 com a cerimônia de premiação e a entrega do Kikito de Ouro. Confira os filmes que participarão do festival:

MOSTRA COMPETITIVA
Longas Nacionais:
. A Fera na Selva (RJ), de Paulo Betti, Eliane Giardini e Lauro Escorel
. As Duas Irenes (SP/GO), de Fábio Meira
. Bio (RS), de Carlos Gerbase
. Como Nossos Pais (SP), de Laís Bodanzky
. O Matador (PE), de Marcelo Galvão
. Pela Janela (Brasil/Argentina), de Caroline Leone
. Vergel (Brasil/Argentina), de Kris Niklison

Longas Estrangeiros
. Los Niños (Chile/Colômbia/Holanda/França), de Maite Alberdi
. Pinamar (Argentina), de Federico Godfrid
. El Sereno (Uruguai), de Oscar Estévez e Joaquín Mauad
. Sinfonía Para Ana (Argentina), de Virna Molina e Ernesto Ardito
. La Ultima Tarde (Peru), de Joel Calero
. X500 (Colômbia/Canadá/México), de Juan Andrés Arango
. Mirando Al Cielo (Uruguai), de Guzmán García

Fonte: G1

Escrito por marcia
Tags: , , , , , , , , , , , , , , , ,