set 30

A cerimônia de premiação do Festival Internacional de Cinema de San Sebastián foi realizada na noite de sábado (29/9), em San Sebastián, Espanha.  O júri oficial foi presidido pelo diretor americano Alexander Payne e a seleção oficial constou com 18 filmes. Confira os ganhadores:

CONCHA DE OURO – Melhor Filme
Entre Dos Aguas, de Isaki Lacuesta (Espanha)
PRÊMIO ESPECIAL DO JÚRI
Alpha, The Right To Kill, de Brillante Mendoza (Filipinas)
CONCHA DE PRATA – Melhor diretor
Benjamin Naishtat, por “Rojo” (Argentina)
CONCHA DE PRATA – Melhor ator
Dário Grandinetti, por “Rojo” (Argentina)
CONCHA DE PRATA – Melhor atriz
Pia Tjelta, por “Blindsone” (Noruega)
CONCHA DE PRATA – Melhor Roteiro
Paul Laverty, por “Yuli” (Escócia)
CONCHA DE PRATA – Melhor fotografia
Pedro Sotero, por “Rojo” (Argentina)
PRÊMIO DO PÚBLICO
Mais Um Dia de Vida, de Raúl de la Fuente e Damian Nenow
PRÊMIO DONOSTIA HONORÍFICO – Diretor
Hirokazu Kore-eda (Japão)
PRÊMIO DONOSTIA – Pela Carreira
Judi Dench (Reino Unido)
PRÊMIO DONOSTIA – Pela Carreira
Danny DeVito (EUA)

Escrito por marcia
Tags: , , , , , , , , , , , ,

jul 07

JulietaEste drama espanhol, com com boa dose de suspense, é a adaptação de três contos do livro “A Fugitiva” da escritora canadense Alice Munro – ganhadora do Nobel de Literatura em 2013 -, tem boas atuações das protagonistas, tem um bom roteiro, sobre o universo feminino – que aborda a maternidade e sua fragilidade. A direção é de Pedro Almodóvar (Amantes Passageiros), com Adriana Ugarte, Emma Suárez, Inma Cuesta, Rossy de Palma, Dario Grandinetti, Michelle Jenner, Daniel Grao e Nathalie Poza.

Julieta sofre com a morte de seu marido, Xoan. Antía, sua filha, acaba precisando lidar com a depressão da mãe, mas elas se distanciam muito nesse processo. Quando a garota completa 18 anos, sai de casa sem dar satisfações e faz com que Julieta perceba o abismo entre as duas. Depois de um encontro casual, Julieta decide confrontar sua vida e os eventos mais importantes sobre sua filha.

Escrito por marcia
Tags: , , , , , , , , ,

out 23

Esta comédia dramática argentina tem suspense, foi um sucesso de bilheteria no seu país, é divertida, tem um bom elenco, boa atuação dos protagonistas e um bom roteiro. A direção é de Damián Szifrón (estreante), com Ricardo Darín, Erica Rivas, Leonardo Sbaraglia, Liliana Akerman, Luis Manoel Altamirano García, Darío Grandinetti, Julieta Zylberberg e Alejandro Angelini.

Diante de uma realidade cruel e imprevisível, as personagens caminham sobre a linha tênue que separa a civilização da barbárie. Uma traição amorosa, o retorno do passado, uma tragédia ou mesmo a violência de um pequeno detalhe cotidiano são capazes de empurrar estas personagens ao inegável prazer de perder o controle.

Escrito por marcia
Tags: , , , , , , , , , ,