jan 18

Autor: Vários Autores
Editora: Globo Livros
Páginas: 352
1a Edição: 2017
Assunto: Artes e Fotografia – Cinema

Sinopse: 
Será que “Chinatown” realmente subverteu o gênero noir? Quais os efeitos causados pelo roteiro fragmentado de “Pulp Fiction”? Como os múltiplos pontos de vista afetam a noção de realidade em “Rashomon”? Ao exibir os melhores filmes de todos os tempos, este livro responde a estas questões e tantas outras enquanto traz um panorama do mundo do cinema. Escrito em linguagem simples e recheado de imagens icônicas dos filmes, além de pôsteres e infográficos, “O Livro do Cinema” explora os personagens, diretores, roteiros e temas-chaves de mais de cem dos maiores filmes já feitos. Seja você um grande cinéfilo ou um frequentador ocasional das salas de cinema procurando indicações, este livro lhe dará novas perspectivas sobre seus filmes prediletos ou uma introdução a uma grande quantidade de outras joias que você não pode deixar de ver.

Fonte: Livraria Cultura

Escrito por marcia
Tags: , ,

abr 09

Autor: Ferraro Júnior, Denerval
Editora: Globo Livros 
Páginas: 224
1a Edição: 2008
Assunto: Cinema

Sinopse:
Quais os robôs mais bacanas da história do cinema? Com uma pergunta como essa, claro, a polêmica está aberta. Seria a dupla formada por R2-D2 e C-3PO de Guerra nas Estrelas, ou para aqueles que preferem os grandes clássicos – a “robô mulher” politizada de Metrópolis? Se está difícil, vamos em frente: quais os melhores filmes feitos com a participação de cães? E quanto aos vilões, quais foram os mais marcantes? Essas questões, que muitas vezes animam longas conversas em rodas de amigos curtidores de cinema, fazem do livro “10+ do Cinema” (Ed. Globo) uma leitura curiosa e divertida. Escrito pelo jornalista Denerval Ferraro Jr, a classificação dos verbetes foi realizada de maneira inusitada, como: comida, cristãos, doenças, espiões, realeza e muitos outros. São 50 listas, cada uma delas trazendo em ordem de importância os dez melhores da categoria. Há ainda uma lista final com as frases mais célebres do cinema. A ideia do livro surgiu a partir de uma coluna da revista Monet, onde esse tipo de classificação foi desenvolvida. Certamente a prática de fazer listas com os “melhores da história” não é nenhuma novidade. Mas o que faz a diferença em 10+ do Cinema é o olhar do autor, que criou categorias originais. O livro é um convite a pensar sobre o cinema de ângulos novos, e redescobrir filmes que por vezes já estavam acomodados e sem brilho em seus lugares tradicionais. Como o próprio autor reconhece na apresentação, fazer listas com os melhores  e – ainda por cima – em ordem de importância, é uma temeridade. Sempre haverá margem para a discordância, para a polêmica. Mas é exatamente aí que está a graça desse tipo de classificação, que sempre vai depender da empatia de cada leitor.

Fonte: Livraria da Folha

 

Escrito por marcia
Tags: , ,