abr 21

Nise - O Coração da LoucuraEsta biografia/drama nacional, sobre uma das primeiras mulheres a se formar em medicina, é bem dirigida, tem boa atuação da protagonista e dos coadjuvantes, e um bom roteiro, que emociona. A direção é de Roberto Berliner (Júlio Sumiu), com Glória Pires, Fabrício Boliveira, Flávio Bauraqui, Fernando Eiras, Luciana Fregolente, Charles Fricks, Georgina Goés, Cláudio Jaborandy e Simone Mazzer.

A trama e sobre Nise, uma médica, que volta a trabalhar em um hospital psiquiátrico no subúrbio do Rio de Janeiro, após sair da prisão. Ela, então, propõe uma nova forma de tratamento aos pacientes que sofrem esquizofrenia, eliminando o eletrochoque e a lobotomia.

Escrito por marcia
Tags: , , , , , , , , , , ,

set 10

Pequeno Dicionário Amoroso 2Esta comédia romântica nacional é divertida, tem um bom elenco, boas atuações, mas o roteiro é mediano e sem novidades. A direção é de Mauro Farias (O Diário de Tati) e Sandra Werneck (Sonhos Roubados), com Andrea Beltrão, Daniel Dantas, Camila Amado, Marcello Airoldi, Eduardo Moscovis, Glória Pires, Mônica Torres, Fernanda Vasconcellos e Renato Góes.

Nesta sequência, Luíza está casada com Alex, com quem tem o sonhado filho. Gabriel namora Jaqueline, uma mulher mais nova e cheia de energia. Mesmo aparentemente felizes em seus relacionamentos, o interesse entre os dois renasce após um inesperado encontro e acabam virando amantes.

Escrito por marcia
Tags: , , , , , , , , , , ,

ago 20

Linda de MorrerEsta comédia nacional é divertida, tem um bom elenco, boas atuações, mas um roteiro mediano. A direção é de Cris D’amato (S.O.S.: Mulheres ao Mar), com Glória Pires, Emílio Dantas, Angelo Paes Leme, Priscila Marinho, Stella Miranda, Antonia Morais, Vivianne Pasmanter e Susana Vieira.

A Dra. Paula Lins, dermatologista, aplica em si mesma uma fórmula experimental para eliminar a celulite e morre. Com a ajuda de um amigo psicólogo/médium, Daniel, ela volta e tenta evitar que a sua gananciosa sócia coloque o nocivo produto no mercado.

Escrito por marcia
Tags: , , , , , , , , ,

nov 27

Esta cinebiografia tem boas atuações, um roteiro interessante, mas sem aprofundar ou fragmentar as questões essenciais por causa do limite do tempo, duas horas de duração. A direção é de Vicente Amorim (Corações Sujos), com Regina Braga, Glória Pires, Bianca Comparato, Ícaro Vila Nova, Gracindo Júnior, Malu Valle, Irene Ravache, Zezé Polessa, Lisandro Oliveira e Amaurih Oliveira.

A trama é sobre a história da mulher que, indicada ao Nobel, chamada em vida de “Anjo Bom da Bahia” e beatificada pela Igreja, nunca se importou com títulos. É a história de uma mulher cujo único objetivo era confortar os necessitados, cuidar dos doentes, amparar os miseráveis – a qualquer custo, com a ajuda de quem fosse. Capaz de atravessar Salvador  de madrugada para dar colo a um menino de rua ou de pedir verba a um político em pleno palanque. Irmã Dulce enfrentou inimigos externos: o preconceito, o machismo, os dogmas; e internos: uma doença respiratória incurável.

Escrito por marcia
Tags: , , , , , , , , , , , ,

ago 27

Foi realizado, na noite de terça-feira (26/8), no Teatro Municipal do Rio de Janeiro, o Grande Prêmio do Cinema Brasileiro. Confira os ganhadores:

MELHOR LONGA-METRAGEM – FICÇÃO
Faroeste Caboclo
MELHOR LONGA-METRAGEM – DOCUMENTÁRIO
A Luz do Tom, de Nelson Pereira dos Santos
MELHOR LONGA-METRAGEM – ANIMAÇÀO
Uma História de Amor e Fúria, de Luiz Bolognesi
MELHOR LONGA-METRAGEM – INFANTIL
Meu Pé de Laranja Lima, de Marcos Bernstein
MELHOR LONGA-METRAGEM – COMÉDIA
Cine Holliúdy, de Halder Gomes
MELHOR DIREÇÃO
Bruno Barreto, por “Flores Raras”
MELHOR ATRIZ
Glória Pires, por “Flores Raras”
MELHOR ATOR
Fabrício Boliveira, por “Faroeste Caboclo”
MELHOR ATRIZ COADJUVANTE
Bianca Comparato, por “Somos Tão Jovens”
MELHOR ATOR COADJUVANTE
Wagner Moura, por “Serra Pelada”
MELHOR DIREÇÃO DE FOTOGRAFIA
Gustavo Habda, por “Faroeste Caboclo”
MELHOR DIREÇÃO DE ARTE
José Joaquim Salles, por “Flores Raras”
MELHOR FIGURINO
Marcelo Pies, por “Flores Raras”
MELHOR MAQUIAGEM
Siva Rama Terra, por “Serra Pelada”
MELHOR EFEITO VISUAL
Daniel Greco e Bruno Correia, por “Uma História de Amor”
Robson Sartori, por “Serra Pelada”
MELHOR ROTEIRO ORIGINAL
Kleber Mendonça Filho, por “O Som ao Redor”
MELHOR ROTEIRO ADAPTADO
Marcos Bernstein e Victor Atherino, por “Faroeste Caboclo” – adaptado da música homônima de Renato Russo, do Legião Urbana
MELHOR MONTAGEM – FICÇÃO
Marcio Hashimoto, por “Faroeste Caboclo”
MELHOR MONTAGEM – DOCUMENTÁRIO
Marília Moraes e Tina Baz, por “Elena”
MELHOR SOM
Leandro Lima, Miriam Biderman, ABC, Ricardo Chuí e Paulo Gama, por “Faroeste Caboclo”
MELHOR TRILHA SONORA
Paulo Jobim, por “A Luz do Tom”
MELHOR TRILHA SONORA ORIGINAL
Phillipe Seabra, por “Faroeste Caboclo”
MELHOR CURTA – FICÇÃO
Flerte, de Hsu Chien
MELHOR CURTA – DOCUMENTÁRIO
A Guerra dos Gibis, de Thiago Brandimarte Mendonça e Rafael Terpis
MELHOR CURTA – ANIMAÇÃO
O Menino Que Sabia Voar, de Douglas Alves Ferreira
MELHOR LONGA-METRAGEM ESTRANGEIRO
Django Livre, de Quentin Tarantino

Fonte: uol.com

Escrito por marcia
Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

set 04

Autor: Oliveira, Carmen Lúcia
Editora: Rocco
Páginas: 224
4a Edição: 2011
Assunto: Biografias

Sinopse:
Em ‘Flores Raras e Banalíssimas’, Carmen L. Oliveira conta a relação de Elizabeth Bishop e Maria Carlota Costallat de Macedo Soares (Lota) e a criação do Parque do Flamengo. O livro focaliza Lota e outras figuras que junto com ela construíram a história do Rio de Janeiro e do Brasil. A obra apresenta trechos da história do país – as discussões de Lota com o governador Carlos Lacerda, a briga com o arquiteto Sérgio Bernardes, a rivalidade com Burle Marx, a presença de Manuel Bandeira, Clarice Lispector, Portinari, Carlos Scliar, Rachel de Queiroz e Carlos Drummond de Andrade.

Fonte: Livraria Cultura

Importante: A adaptação para o cinema foi feita em 2012 e dirigida por Bruno Barreto, com Glória Pires, que interpreta Lota, e Miranda Otto, como Elizabeth Bishop.

Escrito por marcia
Tags: , , , , , , , ,

ago 16

Este drama tem boas atua,ões das protagonistas, mas tem problemas na direção e no roteiro. A direção é de Bruno Barreto (Caixa Dois), com Glória Pires, Miranda Otto, Tracy Middendorf, Treat Williams e Marcelo Airoldi.

A trama é sobre a arquiteta carioca Lota de Macedo Soares, uma das responsáveis pela construção do Aterro do Flamengo, e da poetisa americana Elizabeth Bishop, vencedora do prêmio Pulitzer em 1956, que viveram um romance no Rio de Janeiro, entre 1951 e 1965.

Escrito por marcia
Tags: , , , , , , ,

ago 09

Festival de Gramado terá sua abertura, na noite desta sexta-feira (9/8), com o filme “Flores Raras”, de Bruno Barreto, e homenageará a atriz Glória Pires com o troféu Oscarito, em Gramado, Rio Grande do Sul. O festival acontecerá até o dia 17, onde haverá a cerimônia de premiação. Confira os filmes da competição:

FILMES NACIONAIS
Bruta-Flor do Querer, de Andradina Azevedo e Dida Andrade
A Coleção Invisível, de Bernard Attal
Tatuagem, de Hilton Lacerda
Até Que a Sbórnia Nos Separe, de Otto Guerra e Ennio Torresan Jr.
Éden, de Bruno Safadi
Os Amigos, de Lina Chamie
Primeiro Dia de Um Ano Qualquer, de Domingos Oliveira
Revelando Sebastião Salgado, de Betse de Paula
Tatuagem, de Hilton Lacerda

FILMES ESTRANGEIROS
A Oeste do Fim do Mundo- Argentina/Brasil
Cazando Luciérganas – Colômbia
El Padre de Gardel – Uruguai
Puerta de Hierro – El Exilio de Peron – Argentina
Repare Bem– Portugal
Venimos de Muy Lejos – Argentina

Escrito por marcia
Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

jun 01

Foi realizada, na noite de terça-feira (31/5), no Rio de Janeiro, a cerimônia de premiação do 10º Grande Prêmio do Cinema Brasileiro. Confira os vencedores:

Melhor Longa-Metragem de Ficção
Tropa de Elite 2
Melhor Direção
José Padilha, de “Tropa de Elite 2”
Melhor Ator
Wagner Moura, por “Tropa de Elite 2”
Melhor Atriz
Glória Pires, por “Lula, o Filho do Brasil”
Melhor Roteiro Adaptado
Marcos Bernstein, por “Chico Xavier”
Melhor Roteiro Original
Braulio Mantovani e José Padilha, por “Tropa de Elite 2”
Melhor Ator Coadjuvante
André Mattos, por “Tropa de Elite 2”
Caio Blat, por “As Melhores Coisas do Mundo”
Melhor Atriz Coadjuvante
Cassia Kiss, por “Chico Xavier”
Melhor Longa-Metragem Documentário
O Homem Que Engarrafava Nuvens
Melhor Fotografia
Lula Carvalho, por “Tropa de Elite 2”
Melhor Montagem Ficção
Daniel Rezende, por “Tropa de Elite 2”
Melhor Direção de Arte
Adrien Cooper, por Quincas Berros d’Água
Melhor Figurino
Kika Lopes, por “Quincas Berros d’Água”
Melhor Longa-Metragem Infantil
Eu e Meu Guarda-Chuva, de Toni Vanzolini
Melhor Longa-Metragem Estrangeiro
O Segredo dos Teus Olhos, de Juan José Campanella (Argentina)

Voto Popular
Melhor Longa-Metragem Nacional
Tropa de Elite 2
Melhor Longa-Metragem Documentário
Dzi Croquetes, de Tatiana Issa e Raphael Alvarez
Melhor Longa-Metragem Estrangeiro
A Rede Social, de David Fincher

Escrito por marcia
Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

set 14

Aconteceu na noite da segunda-feira (13/9), no Espaço Tom Jobim, Rio de Janeiro. Confira a lista:

Voto Popular
Melhor Filme
Chico Xavier, de Daniel Filho
Melhor Ator
Nelson Xavier, por “Chico Xavier”
Melhor Atriz
Glória Pires, por “É Proibido Fumar”
Melhor Ator Coadjuvante
Tony Ramos, por “Chico Xavier”
Melhor Atriz Coadjuvante
Cláudia Raia, por “Os Normais 2”

Voto do Júri
Melhor Filme
É Proibido Fumar, Anna Muylaert
Melhor Ator
Dan Stulbach, por “Tempos de Paz”
Melhor Atriz
Glória Pires, por “É Preciso Fumar”
Melhor Ator Coadjuvante

Gero Camilo, por “Hotel Atlântico”
Melhor Atriz Coadjuvante
Denise Fraga, por “As Melhores Coisas do Mundo”
Melhor Diretor
Anna Muylaert, de “É Proibido Fumar”
Melhor Roteiro
Marcelo Gomes e Karim Ainouz, por “Viajo Porque Preciso, Volto Porque Te Amo”
Melhor Fotografia
Ricardo Della Rosa,
por “À Deriva”
Melhor Figurino
Marisa Guimarães, por “É Proibido Fumar”
Melhor Trilha Sonora
Márcio Nigro e Paulo Miklos, por “É Proibido Fumar”
Melhor Documentário
Cidadão Boilesen
Melhor Diretor de Documentário
Chaim Litwski, por Cidadão Boilesen

Escrito por marcia
Tags: , , , , , , , , , , , , , , ,