mar 03

Amy Adams na GQ britânicaA bela estrela Amy Adams está na capa e no recheio da revista britânica GQ, edição de abril. A talentosa atriz, de 41 anos, fala sobre o fato de David O. Russell fazê-la chorar no set de “Trapaça”: “Ele fez… Estava realmente devastada no set. Quer dizer, não todos os dias, mas a maioria. Jennifer [Lawrence] não foi tomada por isto. Ela é ‘antiaderente’. Eu não sou Teflon. Mas também não gosto de ver outras pessoas mal tratadas… Não é ok comigo. A vida para mim é mais importante do que filmes. Realmente me ensinou a separar trabalho e casa. Porque eu era como: não posso levar essa experiência comigo para a minha filha”. Sobre se sabia que estava sendo paga por menos do que o seus colegas do elenco masculino: “Sim, sabia. Não falei sobre isso antes e, provavelmente não vou falar sobre isto para sempre, porque discordava… não por Jennifer, mas as pessoas que tiveram opiniões sobre como as mulheres devem negociar. A verdade que contratamos pessoas que negociam em nosso nome, homens e mulheres… Sabia que estava sendo paga por menos e ainda concordei em fazê-lo porque a opção se resume em fazê-lo ou não fazê-lo. Então, você só tem que decidir se vale a pena para você. Isto não significa que gostei”. E em relação à carta aberta de Jennifer sobre a redução das disparidades salariais: “Estou realmente orgulhosa de Jennifer. O que gostei é que ela não era necessariamente sobre o que está sendo pago ou não pago… É como nós [mulheres] foram condicionadas a não serem controversas, para não causar problemas. É sobre encontrar sua voz”.

Fonte: JustJared

Escrito por marcia
Tags: , , , ,

set 29

O astro Brad Pitt está na capa e no recheio da revista britânica GQ, edição de novembro e nas bancas a partir de 2 de outubro. O bonitão falou sobre seu casamento com Angelina Jolie: “Não diria que [o casamento é] apenas um título. Há mais do que isso”. Sobre o fato de seu amigo George Clooney o chamar de inacessível: “Bem, você sabe, George é extremamente acessível. Ele é um dos nossos melhores representantes. Ele é muito engraçado. É uma alegria estar ao seu redor. Acho que, talvez, eu seja um bastardo miserável. [ risos] Sou um pouco solitário, sabe? Sou mais calmo por natureza. E vindo de, você sabe, [de uma parte] caipira do país, provavelmente sou mais reservado”. E sobre a felicidade: “Eu sempre acreditei que a felicidade é superestimada, sabe? São esses momentos difíceis que informam a próxima época maravilhosa, e é uma série de trocas, de eventos, de vitórias e derrotas”.

Fonte: JustJared

Escrito por marcia
Tags: , , ,