set 07

Este drama chileno – que ganhou o Urso de Prata, no Festival de Berlim 2017, como melhor roteiro – tem como tema a questão da transexualidade, boa atuação da protagonista e um ótimo roteiro. A direção é de Sebastián Lelio (Gloria), com Daniela Vega, Francisco Reys, Luis Gnecco, Aline Küppenheim e Nicolás Saavedra.

Marina é uma garçonete transexual que passa boa parte dos seus dias buscando seu sustento. Seu verdadeiro sonho é ser uma cantora de sucesso e, para isso, canta durante a noite em diversos clubes de sua cidade. O problema é que, após a inesperada morte de seu namorado e maior companheiro, sua vida dá uma guinada total.

Escrito por marcia
Tags: , , , , , , , , , ,

dez 16

Esta biografia/drama chileno – que foi indicado ao Globo de Ouro 2017, na categoria melhor filme estrangeiro – tem boas atuações dos protagonistas, boa trilha sonora, é bem dirigido e um bom roteiro. A direção é de Pablo Larraín (O Clube), com Gael García Bernal, Luís Gnecco, Alfredo Castro, Pablo Derqui, Mercedes Morán, Marcelo Alonso e Emilio Gutiérrez Caba.

Um inspetor caça o poeta chileno Pablo Neruda, vencedor do Prêmio Nobel, que se torna um fugitivo em seu país de origem, no final da década de 1940, para se juntar ao Partido Comunista.

Escrito por marcia
Tags: , , , , , , , , ,

dez 29

Este drama está na corrida por uma das cinco vagas da categoria filme estrangeiro, tem boas atuações, bom roteiro e um jeito de documentário na forma de filmar. A direção é de Pablo Larraín (Post Mortem), com Gael García Bernal, Alfredo Castro, Antonia Zegers, Néstor Castillana, Luis Gnecco.

Em 1988, o ditador chileno Augusto Pinochet, diante da pressão internacional, convoca um referendo sobre seu mandato. Os líderes da oposição convencem o jovem publicitário René Saavedra a liderar sua campanha. Com pouquíssimos recursos e permanente vigilância dos guardas de Pinochet, Saavedra e sua equipe criam um audacioso plano para vencer a eleição e libertar seu país da opressão.

Escrito por marcia
Tags: , , , , , , ,