abr 12

Este drama nacional é sobre os efeitos desastrosos das redes sociais na vida de uma pessoa, tem boa atuação do protagonista e um bom roteiro. A direção Carolina Jabor (Boa Sorte), com Daniel de Oliveira, Marco Ricca, Stella Rabello, Luiz Felipe Mello, Gustavo Falcão e Malu Galli.

Rubens é um professor de natação infantil acusado pelos pais de um aluno de beijar o filho deles na boca no vestiário do clube. Quando a acusação viraliza nas redes sociais e nos grupos de mensagens da escola, começa um julgamento precipitado sobre as ações e intenções de Rubens.

Escrito por marcia
Tags: , , , , , , , ,

set 21

Este drama nacional sobre questões familiares, tem boas atuações das protagonistas, ganhou os prêmios de melhor roteiro e melhor ator coadjuvante no Festival de Gramado 2017 e o prêmio da crítica também. A direção é de Fabio Meira (estreante), com Priscila Bittencourt, Isabela Torres, Marco Rica, Susana Ribeiro e Inês Peixoto.

Irene é a filha do meio de uma família tradicional do interior que, um dia, descobre que seu pai tem uma filha fora do casamento, também chamada Irene e da mesma idade que ela. Revoltada com a descoberta, Irene passa a se aproximar de sua meio-irmã e da mãe dela, sem revelar sua identidade. É o início de uma cumplicidade entre elas, que passa também pela descoberta da sexualidade.

Escrito por marcia
Tags: , , , , , , ,

ago 27

A cerimônia de premiação d 45a edição do Festival de Gramado foi realizada no Palácio dos Festivais, na noite de sábado (26/8), em Gramado, Rio Grande do Sul. O grande vencedor da noite foi o drama brasileiro “Como Nossos Pais”, de Laís Bodanzky. A estrela do cinema brasileiro Dira Paes foi a grande homenageada, por sua carreira, no dia anterior (25/8). E a estrela argentina Soledad Villamil foi homenageada na quinta-feira (24/8). Confira os ganhadores:

LONGA-METRAGEM BRASILEIRO
Melhor Filme
Como Nossos Pais 
Melhor Direção
Laís Bodanzky, por “Como Nossos Pais”
Júri Popular
Bio, de Carlos Gerbase
Prêmio Especial do Júri
Carlos Gerbase, por “Bio”
Troféu Cidade de Gramado – Prêmio do Júri
Eliane Giardini & Paulo Betti 
Melhor Ator
Paulo Vilhena, por “Como Nossos Pais”
Melhor Atriz
Maria Ribeiro, por “Como Nossos Pais”
Melhor Roteiro
Fábio Meira, por “As Duas Irenes”
Melhor Direção de Arte
Fernanda Carlucci, por “As Duas Irenes”
Melhor Atriz Coadjuvante
Clarisse Abujamra, por “Como Nossos Pais”
Melhor Ator Coadjuvante
Marco Ricca, por “As Duas Irenes”
Prêmio da Crítica
As Duas Irenes, de Fábio Meira
Melhor Fotografia
Fabrício Tadeu, por “O Matador”
Melhor Trilha Sonora
Ed Cortês, por “O Matador”
Melhor Desenho de Som
Augusto Stern & Fernando Efron, por “Bio”
Melhor Montagem
Rodrigo Menecucci, por “Como Nossos Pais”

TROFÉU OSCARITO
Dira Paes

LONGA-METRAGEM ESTRANGEIRO
Melhor Filme
Sinfonía Para Ana
Melhor Direção
Federico Godfrid, por “Pinamar” (Argentina)
Melhor Filme – Júri Popular
Mirando al Cielo, de Gusmán García (Uruguai)
Prêmio Especial do Júri
Los Niños, de Maite Alberdi (Chile/Colômbia/Holanda/França)
Prêmio da Crítica
Pinamar, de Federico Godfrid
Melhor Roteiro
Joel Calero, por “La Ultima Tarde” (Peru)
Melhor Ator
Juan Grandinetti & Agustín Pardella, por “Pinamar”
Melhor Atriz
Katerina D’Onofrio, por “La Ultima Tarde”
Melhor Fotografia
Fernando Molina, por “Sinfonía Para Ana” (Argentina)

KIKITO DE CRISTAL
Soledad Villamil (Argentina)

MELHOR CURTA-METRAGEM BRASILEIRO
Melhor Filme
A Gis, de Thiago Carvalhaes (SP)
Melhor Direção
Calí dos Anjos, por “Tailor” (RJ)
Melhor Filme – Júri Popular
A Gis, de Thiago Carvalhaes
Melhor Ator
Nando Cunha, por “Telentrega”
Melhor Atriz
Sofia Brandão, por “O Espírito do Bosque”
Prêmio 150 Anos – Canadá Para Jovens Cineastas
Calí dos Anjos, por “Tailor”
Prêmio Canal Brasil
O Quebra-cabeça de Sara, de Allan Ribeiro (RJ)
Prêmio Especial do Júri
Cabelo Bom, de Swahili Vidal (RJ)
Júri da Crítica
O Quebra-cabeça de Sara 
Melhor Roteiro
Carolina Markovicz, por “Postergados”(SP)
Melhor Fotografia
Pedro Rocha, por “Telentrega”
Melhor desenho de Som
Fernando Henna & Daniel Turini, por “Caminhos dos Gigantes” (SP)
Melhor Trilha Musical
Dênio de Paula, por “O Violeiro Fantasma” (GO)
Melhor Direção de Arte
Wesley Rodrigues, por “O Violeiro Fantasma”
Melhor Montagem
Beatriz Pomar, por “A Gis”)

Fonte: G1

Escrito por marcia
Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

out 05

premio-do-cinema-brasileiro-2016A cerimônia de premiação do Prêmio do Cinema Brasileiro foi realizada no Teatro Municipal, na noite de terça-feira (4/10), no Rio de Janeiro. Confira a lista dos ganhadores:

MELHOR LONGA-METRAGEM – FICÇÃO
Que Horas Ela Volta?, de Anna Muylaert
MELHOR LONGA-METRAGEM – DOCUMENTÁRIO
Chico – Artista Brasileiro, de Miguel Faria Jr.
MELHOR LONGA-METRAGEM – COMÉDIA
Infância, de Domingos Oliveira
MELHOR LONGA-METRAGEM – ANIMAÇÃO
Até Que a Sbórnia Nos Separe, de Otto Guerra
MELHOR DIREÇÃO
Anna Muylaert, por “Que Horas Ela Volta?”
MELHOR ATRIZ
Regina Casé, por “Que Horas Ela Volta?”
MELHOR ATOR
Marco Ricca, por “Chatô – O Rei do Brasil”
MELHOR ATRIZ COADJUVANTE
Camila Márdila, por “Que Horas Ela Volta?”
MELHOR ATOR COADJUVANTE
Chico Anysio, por “A Hora e a Vez de Augusto Matraga”
MELHOR DIREÇÃO DE FOTOGRAFIA (empate)
Adrian Teijido, por “Órfãos do Eldorado”
Mauro Pinheiro Jr., por “Sangue Azul”
MELHOR ROTEIRO ORIGINAL
Anna Muylaert, por “Que Horas Ela Volta?”
MELHOR ROTEIRO ADAPTADO
Guilherme Fontes, João Emanuel Carneiro Matthew Robbins, por “Chatô – O Rei do Brasil”
MELHOR DIREÇÃO DE ARTE
Gualter Pupo, por “Chatô – O Rei do Brasil”
MELHOR FIGURINO
Rita Murtinho, por “Chatô – O Rei do Brasil”
MELHOR MAQUIAGEM
Maria Lucia Mattos e Matín Macias, por “Chatô – O Rei do Brasil”
MELHOR EFEITO VISUAL
Robson Sartori, por “A Estrada 47”
MELHOR MONTAGEM – FICÇÃO
Karen Harley, por “Que Horas Ela Volta?”
MELHOR MONTAGEM – DOCUMENTÁRIO
Diana Vasconcellos, por “Chico – Artista Brasileiro”
MELHOR SOM
Bruno Fernandes Rodrigo Noronha, por “Chico – Artista Brasileiro”
MELHOR TRILHA SONORA
Luis Claudio Ramos, a partir da obra de Chico Buarque, por “Chico – Artista Brasileiro”
MELHOR LONGA-METRAGEM ESTRANGEIRO
O Sal da Terra, de Wim Wenders e Juliano Ribeiro Salgado
MELHOR CURTA-METRAGEM – ANIMAÇÃO
Égun, de Helder Quiroga
MELHOR CURTA-METRAGEM – DOCUMENTÁRIO
Uma Família Ilustre, de Beth Formaggini
MELHOR CURTA-METRAGEM – FICÇÃO
Rapsódia de Um Homem Negro, 
de Gabriel Martins

Fonte: uol.com

Escrito por marcia
Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

nov 26

ChatôEste drama nacional, que demorou quase vinte anos para ficar pronto, que é baseado no livro homônimo do escritor Fernando Morais, tem um bom elenco, boa atuação do protagonista, humor, boa direção de arte e um roteiro interessante. A direção é de Guilherme Fontes (estreante), com Marco Ricca, Andréa Beltrão, Walmor Chagas, Paulo Betti, Eliane Giardini, Gabriel Braga Nunes, Ricardo Blat, Zezé Polessa, Leandra Leal, Letícia Sabatella e Guilherme Fontes.

A trama é uma cinebiografia de Assis Chateaubriand, também conhecido por Chatô. Ele foi o primeiro magnata das comunicações no Brasil, destacando-se entre as décadas de 1930 e 1960. Chegou a ser chamado de Cidadão Kane brasileiro. Foi fundador da TV Tupi, dos Diários Associados e do Museu de Arte de São Paulo (MASP).

Escrito por marcia
Tags: , , , , , , , , , , , , ,

nov 27

Este drama brasileiro é delicado, com boas atuações do casal protagonista, com uma trilha sonora pertinente e um roteiro muito interessante. A direção é de Lina Chamie (A Via Láctea), com Marco Ricca, Dira Paes, Caio Blat, Rodrigo Lombardi e Fernando Alves Pinto.

Um dia na vida de Théo, um arquiteto em São Paulo. A partir do momento em que o sol nasce até o novo nascer do sol. Um dia um tanto especial. Pela manhã, Théo vai ao funeral de um querido amigo de infância. Durante o dia Théo vai lembrar do amigo e quem sabe através dos pequenos gestos cotidianos, se descobrir.

Escrito por marcia
Tags: , , , , , , ,

ago 21

Este drama é a adaptação do livro homônimo do escritor Marçal Aquino, que mostra personagens muito contraditórios e cheios de conflitos. A direção é de Marco Ricca (estreante), com Alice Braga, Daniel Hendler, Cássio Gabus Mendes, Fúlvio Stefanini, Otávio Müller, Eduardo Moscovis, Via Negromonte, Cesar Troncoso, Denise Weinberg e Ana Braga.

Promissores pecuaristas do centro-oeste brasileiro, os irmãos Miro e Abílio controlam também uma rede de negócios ilícitos. Porém, o cerco está se fechando e os contrabandistas estão a ponto de serem presos. A desestruturação da família se evidencia quando Elaine, filha de Miro, descobre que está grávida de Denis – o piloto que trabalha para seu pai, responsável por atravessar a carga criminosa de avião.

Escrito por marcia
Tags: , , , , , , , , , , ,

set 24

 

aconteceu em woodstockhotel atlântico - imagem do filmeComeça nesta quinta-feira (24/9) o Festival Internacional de Cinema do Rio de Janeiro em mais de 30 salas na cidade, mais de 300 filmes de 60 países e 2000 sessões. O evento terá a noite de abertura e a partir de amanhã (25/9) serão exibidos os filmes. O primeiro longa a ser apresentado será “Aconteceu em Woodstock“, de Ang Lee. Dos filmes brasileiros que participarão as atenções estarão voltadas para “Hotel Atlântico“, de Suzana Amaral; “Cabeça a Prêmio”, de Marco Ricca; e “Natimorto”, adaptaçãodo romance homônimo de Lourenço Mutarelli. O festival acontecerá de 24 a 8 de outubro.festival do rio 2009

Escrito por marcia
Tags: , , , , , , , ,

set 12

cabeça a prêmio - imagem do filme

Estreando como diretor em “Cabeça a Prêmio“, que foi produzido pela Academia de Filmes e da Ricca Produções, o ator Marco Ricca participa da Mostra Competitiva de filmes de ficção no Festival do Rio. O longa é baseado na obra homônima do escritor Marçal Aquino, tem no elenco Alice Braga, Fúlvio Stefanini, Otávio Muller, Daniel Hendler, Eduardo Moscovis e Cásio Gabus Mendes. “Cabeça a Prêmio” concorrerá com duas produções em que seu ex-sócio na produtora, o ator Fábio Assunção, participa: “Do Começo ao Fim”, de Aluizio Abranches; e “Bellini e o Demônio”, de Marcelo Galvão. O Festival do Rio de Janeiro acontecerá de 24 de setembro a 8 de outubro, com a participação de 11 longas de ficção e 7 documentários nacionais, na mostra competitiva.

Fonte: terra.com

Escrito por marcia
Tags: , , , , , , , , , , , , , ,

fev 26

veronicaEste filme de ação é brasileiro e se passa no Rio de Janeiro. A direção é de Maurício Farias (O Coronel e o Lobisomem), com Andréa Beltrão e Marco Ricca.

É a história de uma professora de escola primária do subúrbio do Rio de Janeiro que salva uma criança do tráfico.

Escrito por marcia
Tags: , , , ,