jan 12

Este drama/policial japonês é sobre a relação de uma família de ladrões, ganhou a Palma de Ouro no Festival de Cannes 2018, é bem dirigido, tem boas atuações e um roteiro muito interessante. A direção é de Hirokazu Koreeda (O Terceiro Assassinato), com Lily Franky, Sakura Andô, Mayu Matsuoka, Jyo Kairi e Miyu Sasaki.

Depois de uma de suas sessões de furtos, Osamu e seu filho se deparam com uma garotinha. A princípio eles relutam em abrigar a menina, mas a esposa de Osamu concorda em cuidar dela depois de saber das dificuldades que enfrenta. Embora a família seja pobre e mal ganhem dinheiro dos pequenos crimes que cometem, eles parecem viver felizes juntos até que um incidente revela segredos escondidos, testando os laços que os unem.

Escrito por marcia
Tags: , , , , , , , , ,

maio 19

A cerimônia de premiação do Festival de Cannes foi realizada no Palais des Festivals, neste sábado (19/5), em Cannes, França. O júri oficial foi presidido por Cate Blanchett. Confira os ganhadores:

COMPETIÇÃO OFICIAL
PALMA DE OURO – Melhor Filme
Shoplifters, de Hirokazu Kore-Eda (Japão)
GRANDE PRÊMIO DO JÚRI 
BlaKkKlansman, 
de Spike Lee (EUA)
PRÊMIO DO JÚRI
Capharnaüm, de Nadine Labaki (Líbano)
PALMA DE OURO ESPECIAL 
Jean-Luc Godard 
MELHOR DIREÇÃO 

Pawel Pawlikowski, por “Cold War” (Polônia)
MELHOR ROTEIRO 
Alice Rohrwacher,
 por “Lazzaro Felice” (Itália)
Jafar Panahi Nader Saeivar, por “Three Faces” (Irã)
MELHOR ATRIZ 
Samal Yeslyamova, 
por “Ayka” (Cazaquistão)
MELHOR ATOR
Marcello Fonte, por “Dogman” (Itália)
CÂMARA DE OURO 
Girl, 
de Lukas Dhont (Bélgica)
PALMA DE OURO – Curta-metragem
All These Criatures, de Charles Williams (Austrália)
MENÇÃO ESPECIAL – Curta-metragem
Yan Bian Shao Nian, de Wei Shujun (China)

Fonte: G1

Escrito por marcia
Tags: , , , , , , , , , , , , , , ,

maio 08

Festival de Cannes, que acontecerá de 8 a 19 de maio, em Cannes, França, anunciou os filmes que irão competir pela Palma de Ouro. Na Abertura será exibido o drama espanhol “Todos Lo Saben”, de Asghar Farhadi. O júri oficial é presidido por Cate Blanchett. Confira os 18 indicados na Competição Oficial:

.Le Livre d’Image, de Jean Luc Godard (França)
.BlacKkKlansman, de Spike Lee (EUA)
.Three Faces, de Jafar Panahi (Irã)
.Cold War, de Pawel Pawlokowski (Polônia)
.Leto, de Kirill Serebrennikov (Rússia)
.Lazzaro Felice, de Alice Rohrwacher (Itália)
.Under The Silver Lake, de David Robert Mitchell (EUA)
.Capernaum, de Nadine Labaki (Líbano)
.At War, de Stephane Brizé (França)
.Asako I&II, de Ryusuke Hamaguchi (Japão)
.Sorry Angel, de Christophe Honoré (França)
.Dogman, de Matteo Garrone (Itália)
.Girls of The Sun, de Eva Husson (França)
.Yomeddine, de A.B. Shawky (Egito)
.Burning, de Lee Chang-dong (Coréia do Sul)
.Shoplifters, de Hirokazu Koreeda (Japão)
.Ash Is Purest White, de Jia Zhang-Ke (China)
.Todos Lo Saben, de Asghar Fahadi (Espanha/França/Itália)

Fonte: G1

Escrito por marcia
Tags: , ,

abr 08


Festival de Cannes deste ano terá como presidente do júri oficial a estrela australiana Cate Blanchett, que já ganhou dois Oscar – de melhor atriz coadjuvante, por sua atuação em “O Aviador” e de melhor atriz, por “Blue Jasmine” –  e a atriz comentou o convite: “Já estive em Cannes muitas vezes durante anos. Como atriz, produtora, na esfera de Gala e competindo. Mas nunca pelo simples prazer de assistir a abundância de filmes que o festival traz. Fico honrada com o privilégio de presidir o júri deste ano. Este festival representa um papel central na celebração de histórias.” Os representantes do festival, Pierre Lescure e Thierry Frémaux, comentaram a escolha: “Ficamos muito felizes em receber uma artista tão única e rara, cujas convicções e o talento enriquecem a tela e o palco”. Já a mostra Un Certain Regard será presidida pelo astro porto-riquenho Benício del Toro, que já foi premiado em Cannes 2008, na categoria melhor ator, por sua atuação em “Che”. No dia 12 de abril serão anunciados os filmes que estarão competindo à Palma de Ouro, na selação oficial, e os que competirão na mostra. O festival acontecerá de 8 a 19 de maio na França.

Fonte: omelete.com.br

Escrito por marcia
Tags: , , , ,

maio 27

Escolhi esses filmes para quem não conhece ou para os que já gostam e querem ver ou rever a obra do cineasta britânico Ken Loach, que ganhou a Palma de Ouro no Festival de Cannes 2016 com o filme “I, Daniel Blake”. Divirtam-se!

Rota IrlandesaAção
Rota Irlandesa (Route Irish), Bélgica/França/Espanha/Itália, 2010. Dirigido por Ken Loach, com Geoff Bell e Najwa Nimri. Após se aposentar das forças especiais do Reino Unido, Fergus vai ser segurança numa empresa privada no Iraque, uma das atividades mais lucrativas do mundo. Ele convence seu amigo de infância Frankie, ex-paraquedista, a entrar também no negócio. De volta à Liverpool, fica sabendo que o amigo morreu na Route Irish, estrada iraquiana considerada a mais perigosa do mundo. A partir daí Fergus se junta a Rachel, mulher de Frankie, para investigar o caso.

Os FerroviáriosComédia Dramática 
Os Ferroviários (The Navigators), Inglaterra/Alemanha/Espanha, 2001. Dirigido por Ken Loach, com Dean Andrews e Thomas Craig. John, Paul, Mick, Len e Gerry trabalham na ferroviária Sheffield, em Yorkshire. Eles cuidam da manutenção e as vias sinalização. Apesar das dificuldades diárias, a atmosfera é boa e todos trabalham juntos. Len, o mais velho, é o que dirige as operações. Ele passa seis dias da semana nas estradas de ferro. Gerry, por sua vez, trabalha para melhorar a vida dos trabalhadores. Agora, eles tentam sobreviver na empresa depois que ela foi privatizada.

Mundo LivreDrama 
Mundo Livre (It’s a Free World), Polônia/Reino Unido/Espanha/Itália/Alemanha, 2007. Dirigido por Ken Loach, com Kierston Wareing e Juliet Ellis. Angie é uma jovem que acaba de ficar desempregada. Não é a primeira vez que isso acontece. Porém, mesmo que não tenha educação formal, ela tem energia, perspicácia e ambição. Junto com a amiga Rose, decide ter o próprio negócio e monta uma agência de recrutamento de trabalhadores imigrantes.

Pão e RosasDrama 
Pão e Rosas (Bread and Roses), França/Reino Unido/Suíça/Espanha/Alemanha, 2000. Dirigido por Ken Loach, com Adrien Brody e Pilar Padilha. As irmãs Maya e Rosa, mexicanas de sangue quente, trabalham no serviço de limpeza em um prédio comercial no centro da cidade. O destino colocou Sam, apaixonado ativista americano, no seu caminho, o que as leva a uma campanha guerrilheira contra seus patrões. A luta ameaça seu sustento, de sua família e faz com que corram o risco de serem expulsas do país.

Jimmy's HallDrama/História 
Jimmy’s Hall, Reino Unido/França/Irlanda, 2014. Dirigido por Ken Loach, com Barry Ward e Simone Kirby. Leitrim, Irlanda, 1932. Jimmy Gralton retorna à cidade natal após um autoexílio de 10 anos em Nova York, devido à perseguição que sofreu dos líderes locais pelo fato de ser comunista e defensor da liberdade de expressão. A princípio ele pretende levar uma vida pacata, mas os jovens da cidade, e seus velhos amigos, insistem para que reabra o antigo salão, onde a população em geral podia ter aulas de graça e ainda se divertir, em animados bailes. Entretanto, a iniciativa não agrada o padre Sheridan, que logo se torna um ferrenho opositor de Gralton.

Felizes DezesseisDrama/Policial 
Felizes Dezesseis (Sweet Sixteen), Reino Unido/Espanha/Alemanha, 2002. Dirigido por Ken Loach, com Martim Compston e William Ruane. Liam é um jovem obstinado, que luta para sobreviver na realidade hostil e sombria nas ruas de Greenock, cidade da Escócia, onde predomina o desemprego e a desesperança. Ele espera pela liberdade da mãe, Jean, presa por um crime cometido pelo namorado. Determinado a dar uma vida melhor à sua família, Liam começa a vender drogas e envolve-se numa série de intrigas perigosas, afastando-se cada vez mais de seus sonhos.

A Parte dos AnjosPolicial 
A Parte dos Anjos (The Angels’ Share), Reino Unido/França/Bélgica/Itália, 2012. Dirigido por Ken Loach, com Paul Brannigan e John Henshaw. Robbie escapa, por pouco, de uma sentença de prisão. Ele acaba de ter um filho com a namorada Leonie e promete que o futuro do primogênito será diferente de tudo que viveu. Durante o serviço comunitário, ele conhece pessoas que enfrentam a mesma dificuldade de encontrar emprego e descobre um dom em degustação de whisky, que pode mudar suas vidas para sempre.

Apenas Um BeijoRomance 
Apenas Um Beijo (Ae Fond Kiss), Reino Unido/Bélgica/Espanha/Itália/Alemanha, 2002. Dirigido por Ken Loach, com Eva Birthistle e Gary Lewis. Casim é filho de Tariq  e Sadia, imigrantes paquistaneses que se instalaram em Glasgow, na Escócia. Eles preparam um casamento arranjado para Casim com sua prima Jasmine, seguindo a tradição muçulmana. Jasmine está prestes a chegar à Escócia. O rapaz, que é DJ, sonha em montar sua própria casa de festas e tem sua vida mudada completamente quando conhece Roisin, professora de música numa escola católica. Os dois se apaixonam e decidem ficar juntos. No entanto eles terão que enfrentar a incompreensão tanto de católicos quanto de muçulmanos para fazer valer o seu amor.

Escrito por marcia
Tags: , , , , , , , , , , , ,

abr 16

Festival de Cannes 2016Festival de Cannes será realizado de 11-22 de maio, na França, e na abertura será exibido o novo filme de Woody Allen, “Café Society” (Fora da Competição). Confira os indicados:

SELEÇÃO OFICIAL – Concorrem a Palma de Ouro
Toni Erdmann, de Maren Ade (Alemanha)
Julieta, de Pedro Almodóvar (Espanha)
American Honey, de Andrea Harnold (Reino Unido)
Personal Shopper, de Olivier Assayas (França)
La Fille Inconnue, de Jean-Pierre Dardenne/Luc Dardenne (Bélgica)
Juste La Fin Du Monde, de Xavier Dolan (Canadá)
Ma Loute, de Bruno Dumont (França)
Mal De Pierres, de Nicole Garcia (França)
Rester Vertical, de Alain Guiraudie (França)
Paterson, de Jim Jarmusch (EUA)
Aquarius, de Kleber Mendonça Filho (Brasil)
I, Daniel Blake, de Ken Loach (Reino Unido)
Ma’ Rosa, de Brillante Mendoza (Filipinas)
Bacalaureat, de Cristian Mungiu (Romênia)
Loving, de Jeff Nichols (EUA)
Agassi, de Park Chan-Wook (Coréia do Sul)
The Last Face, de Sean Penn (EUA)
Sierra Nevada, de Cristi Puiu (Romênia)
Elle, de Paul Verhoeven (Países Baixos)
The Neon Demon, de Nicolas Winding Refn (Dinamarca)
The Salesman, de Asghar Farhadi (Irã)

MOSTRA UN CERTAIN REGARD
Varoonegi, de Behnam Behzadi (Irã)
Apprendice, de Boo Junfeng (Singapura)
Voir Du Pays, de Delphine Coulin/Muriel Coulin (França)
La Danseuse, de Stéphanie Di Giusto (França)
Eshtebag, de Mohamed Diab (Egito)
La Tortue Rouge, de Michael Dudok De Wit (Países Baixos)
Fuchi Ni Tatsu, de Fukada Kôji (Japão)
Omor Shakhsiya, de Maha Haj (Israel)
Me’Ever Laharim Vehagvaot, de Eran Kolirin (Israel)
After The Storm, de Kore-Eda Hirokazu (Japão)
Hymyilevä Mies, de Juho Kuosmanen (Finlândia)
La Larga Noche De Francisco Sanctis, de Francisco Márquez/Andrea Testa (Argentina)
Caini, de Bogdan Mirica (Romênia)
Pericle Il Nero, de Stefano Mordini (Itália)
The Transfiguration, de Michael O’Shea (EUA)
Captain Fantastic, de Matt Ross (EUA)
Uchenik, de Kirill Serebrennikov (Rússia)

FORA DA COMPETIÇÃO
The Nice Guys, de Shane Black (EUA)
Money Monster, de Jodie Foster (EUA)
The Wailing, de Na Hong-Jin (Coréia do Sul)
Disney’s The BFG, de Steven Spielberg (EUA)

Fonte: site oficial

 

Escrito por marcia
Tags: , , , , ,

out 29

Dheepan - o refúgioEste drama, que ganhou a Palma de Ouro do Festival de Cannes 2015, de refugiados na França, tema atual, tem um bom roteiro, é bem dirigido e tem boa atuação do protagonista. A direção é de Jacques Audiard (Ferrugem e Osso), com Jesuthasan Antonythasan, Kalieaswari Srinivasan, Claudine Vinasithamby, Marc Zinga e Vincent Rottiers.

Dheepan é um combatente da independência no Sri-Lanka, mas a guerra civil está prestes a ser perdida e ele decide fugir. Leva com ele uma mulher e uma menina, que não conhece, pensando que isso facilitará o asilo político na Europa. Em Paris, vivem em instituições até que Dheepan consegue um emprego. Contudo, a violência dos subúrbios faz ressurgir as feridas da guerra.

Escrito por marcia
Tags: , , , , , , , , , ,

maio 24

A cerimônia de premiação do Festival de Cannes, que pela primeira vez teve números musicais, foi realizada, na noite deste domingo, em Cannes, França. Confira a lista dos ganhadores:

COMPETIÇÃO OFICIAL
PALMA DE OURO (Melhor filme)
Dheepan, de Jacques Audiard (França)
GRANDE PRÊMIO DO JÚRI
Son of Saul, de László Nemes
MELHOR DIRETOR
Hou Hsiao Hsien, por “The Assassin” (Taiwan)
PRÊMIO DO JÚRI
The Lobster, de Yorgos Lanthimos
MELHOR ATRIZ
Rooney Mara, por “Carol” (EUA)
Emmanuelle Bercot, por “Mon Roi” (França)
MELHOR ATOR
Vincent Lindon, por “La Loi Du MArché” (França)
MELHOR ROTEIRO
Michel Franco, por “Chronic” (México)
CAMÉRA D’OR (Melhor Diretor Estreante)
La Tierra y La Sombra”, de Cesar Augusto Acevedo (Colombia/Chile/Brasil/França/Holanda)
PALMA DE OURO (Curta-metragem)
Waves ’98, de Ely Dagher (Líbano/Qatar)
PALMA DE OURO HONORÁRIA
Agnes Varda, por sua carreira (França)
Importante: O júri foi presidido pelos cineastas americanos Ethan Coen e Joel Coen, e teve como membros: o ator americano Jake Gyllenhaal, o diretor Guillermo del Toro, o cineasta canadense Xavier Dolan, a atriz americana Sienna Miller, a atriz francesa Sophie Marceau, a atriz espanhola Rossy de Palma e a cantora/compositora Rokia Traoré, de Mali.

MOSTRA PARALELA UM CERTO OLHAR
MELHOR FILME
Hrútar, de Grimur Hakonarson (Islândia)
PRÊMIO DO JÚRI
Zvizdan, de Dalibor Matanic (Croácia)
MELHOR DIRETOR
Kiyoshi Kurosawa, por “Kishibe No Tabi” (Japão)
PRÊMIO ESPECIAL – UM CERTO TALENTO
Corneliu Porumboiu, por “Comoara” (Romênia)
PRÊMIO ESPECIAL PARA PROMESSAS FUTURAS
Ida Panahandeh, por “Nahid” (Irã)
Neeraj Ghaywan, por “Masaan” (Índia)
Importante: O júri foi presidido por Isabella Rossellini, com os membros: o ator Tahar Rahim, o diretor Panos H. Koutras e as cineastas Nadine Labaki e Haifaa al-Mansour. A premiação desta Mostra foi realixada no sábado (23/5).

GRAND PRIX DA CRÍTICA
Paulina, de Santiago Mitre (Argentina/Brasil/França)
JÚRI ECUMÊNICO
My Mother, de Nanni Moretti

Fonte: uol.com

Escrito por marcia
Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

maio 21

Foi exibido, na noite de quarta-feira (20/5), o drama “Youth” (no Brasil: “Juventude”), de Paolo Sorrentino, que ganhou o Oscar 2014 de filme estrangeiro, que compete pela Palma de Ouro no Festival de Cannes, em Cannes, França. O filme, que é protagonizado por Michael Caine e Harvey Keitel, foi vaiado e aplaudido ao mesmo tempo, segundo os críticos isso se deve pelos arroubos extravagantes do diretor. A trama se passa num hotel de luxo nos Alpes Suíços, onde dois velhos amigos estão de férias e se entusiasmam com os jovens escritores que se hospedam no local.

Fonte: uol.com

Escrito por marcia
Tags: , , , , , , , , , ,

maio 23

A première do drama “Jimmy’s Hall”, de Ken Loach, aconteceu na noite de quinta-feira (22/5), e foi super aplaudida pelos expectadores, no Festival de Cannes, na França. É mais um filme da competição oficial. A trama se passa na Irlanda de 1921, às véspera da Guerra Civil, onde um clube de dança é construído, numa comunidade rural, para que os habitantes se divirtam durante a crise. O cineasta já teve 17 filmes exibidos no festival e ganhou a Palma de Ouro em 2006, por “Ventos da Liberdade”.

Fonte: uol.com

Escrito por marcia
Tags: , , , , ,