fev 10

A cerimônia de premiação do Bafta aconteceu na noite deste domingo (10/2), realizada no Royal Albert Hall, em Londres, Inglaterra. Confira os ganhadores:

MELHOR FILME
Roma 
MELHOR FILME BRITÂNICO
A Favorita 
MELHOR ATRIZ
Olivia Colman,
 por “A Favorita”
MELHOR ATOR
Rami Malek, por “Bohemian Rhapsody”
MELHOR ATRIZ COADJUVANTE
Rachel Weisz, por “A Favorita”
MELHOR ATOR COADJUVANTE
Mahershala Ali, por “Green Book”
MELHOR DIRETOR
Alfonso Cuarón, por “Roma”
MELHOR FIGURINO
A Favorita, de Sandy Powel
MELHOR CABELO E MAQUIAGEM
A Favorita, de Nadia Stacey
MELHOR TRILHA SONORA
Nasce Uma Estrela, de Bradley Cooper, Lady Gaga e Lukas Nelson
MELHOR ESTREIA DE ROTEIRISTA/DIRETOR OU PRODUTOR
Michael Pierce (roteirista/diretor) e Lauren Dark (produtora), por “Beast”
MELHOR ANIMAÇÃO
Homem-Aranha no Aranhaverso
MELHOR ROTEIRO ADAPTADO
Infiltrado na Klan, de Spike Lee, David Rabinowitz, Charlie Wachtel, Kevin Willmott
MELHOR ROTEIRO ORIGINAL
A Favorita, de Deborah Davis e Tony McNamara
MELHOR CURTA DE ANIMAÇÃO BRITÂNICO
Roughhouse
MELHOR CURTA BRITÂNICO
73 Cows
MELHOR FOTOGRAFIA
Roma, de Alfonso Cuarón
MELHOR DOCUMENTÁRIO
Free Solo, de Elizabeth Chai Vasarhelyi e Jimmy Chin
MELHOR MONTAGEM
Vice, de Hank Corwin
MELHOR FILME ESTRANGEIRO
Roma (México)
MELHOR DESIGN DE PRODUÇÃO
A Favorita, de Fiona Crombie e Alice Felton
MELHOR SOM
Bohemian Rhapsody
MELHORES EFEITOS VISUAIS
Pantera Negra
MELHOR ESTRELA EM ASCENSÃO
Letitia Wright

Escrito por marcia
Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

fev 10

Yalitza Aparicio está na capa e no recheio da revista americana TeenVogue, já nas bancas. A atriz mexicana, de 25 anos, que protagoniza o filme “Roma”, sobre não ver pessoas como ela nos filmes enquanto crescia: “Nunca cheguei a ver pessoas que parecessem comigo ou com qualquer outra pessoa com quem cresci. Isso, com o tempo, me fez perder o interesse pelo cinema e me concentrar em coisas que eu considerava mais realista, porque tudo o que via no filme não parecia completamente ficção.” Sobre a parte mais difícil de filmar “Roma”: “Havia muitas coisas. Uma delas estava em ser cercada por câmeras, e tentar esquecer, e não ficar tão nervosa, ser capaz de apenas atuar e fazer as coisas que eram solicitadas para mim. Algo que sempre esqueço de dizer em entrevistas é que tive realmente de aprender Mixteco [dialetos otomanguanos do México]. Não falo realmente o Mixteco. A pessoa que ensinou Mixteco para mim foi Nancy [García], que interpreta Adela no filme. Porque nós não tínhamos um roteiro, nós tínhamos que praticar todos os dias antes das filmagens, em como pronunciá-lo e como acertar.” E sobre sua ascensão repentina ao estrelato: “Tem sido avassalador. Um mone de atores que têm muito mais experiência do que eu vêm até a mim e me dizem que, na verdade, minha experiência é uma experiência muito avassaladora, que tudo que está acontecendo é realmente grande. Estou muito consciente do fato de que isso pode não acontecer de novo, então o que eu realmente tento fazer é me ater e apreciar cada momento e aproveitar ao máximo o que posso aprender de cada momento que estou vivendo.”

Fonte: JustJared

Escrito por marcia
Tags: , ,

fev 03

A cerimônia de premiação do Goya no cinema aconteceu na noite de sábado (2/2), realizado no Palácio de Congressos e Exposições FIBES, em Sevilha, Espanha. Confira os ganhadores:

MELHOR FILME
Campeones
MELHOR FILME IBERO-AMERICANO
Roma, de Alfonso Cuarón (México)
MELHOR DIRETOR
Rodrigo Sorogoyen, por “El Reino”
MELHOR DIRETOR REVELAÇÃO
Arantxa Echevarria, por “Carmen & Lola”
MELHOR ATOR
Antonio de la Torre, por “El Reino”
MELHOR ATRIZ
Susi Sánchez, por “La Enfermedad del Domingo”
MELHOR ATOR REVELAÇÃO
Jesús Vidal, por “Campeones”
MELHOR ATRIZ REVELAÇÃO
Eva Llorach, por “Quién Te Cantará”
MELHOR ATOR COADJUVANTE
Luis Zahera, por “El Reino”
MELHOR ATRIZ COADJUVANTE
Carolina Yuste, por “Carmen & Lola”
MELHOR ROTEIRO ADAPTADO
Uma Noite de 12 Anos, de Álvaro Brechner
MELHOR ROTEIRO ORIGINAL
El Reino, de Rodrigo Sorogoyen e Isabel Peña
MELHOR DIREÇÃO DE PRODUÇÃO
O Homem Que Matou Dom Quixote, de Yousaf Bokhari
MELHOR TRILHA SONORA ORIGINAL
El Reino, de Olivier Arson
MELHOR CANÇÃO ORIGINAL
Este Es El Momento (tema do filme “Campeones”), de Coque Malla
MELHOR FILME EUROPEU
Guerra Fria (Polônia)
MELHOR SOM
El Reino, de Alfonso Raposo e Roberto Fernández
MELHOR DIREÇÃO DE ARTE
La Sombra De La Ley, de Juan Pedro de Gaspar
MELHOR FILME DE ANIMAÇÃO
Another Day of Life, de Raúl de la Fuente e Damian Nenow
MELHOR FOTOGRAFIA
La Sombra de la Ley, de Yosu Inchaustegui
MELHORES EFEITOS ESPECIAIS
Superlopez, de Laura Pedro e Lluís Rivera
MELHOR MONTAGEM
El Reino, de Alberto del Campo
MELHOR DOCUMENTÁRIO
O Silêncio dos Outros, de Almudena Carracedo e Robert Bahar
MELHOR FIGURINO
La Sombra de la Ley, de Clara Bilbao
MELHOR MAQUIAGEM E CABELO
O Homem Que Matou Dom Quixote, de Sylvie Imbert, Pablo Perona e outra
GOYA DE HONRA
Narciso Ibáñez Serrador

Fonte: site oficial

Escrito por marcia
Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , ,

jan 21

A cerimônia de premiação do London Critics’ Circle Film foi realizada no May Fair Hotel, na noite de domingo (20/1), em Londres, Inglaterra. Confira os ganhadores no cinema:

FILME DO ANO
Roma 
FILME ESTRANGEIRO DO ANO
Guerra Fria (Polônia)
DOCUMENTÁRIO DO ANO
Face Places 
FILME BRITÂNICO/IRLANDÊS DO ANO
A Favorita 
DIRETOR DO ANO
Alfonso Cuarón, por “Roma”
ROTEIRISTA DO ANO
Deborah Davis Tony McNamara, por “A Favorita”
ATRIZ DO ANO
Olivia Colman, por “A Favorita”
ATOR DO ANO
Ethan Hawke, por “First Reformed”
ATRIZ COADJUVANTE
Rachel Weisz, por “A Favorita”
ATOR COADJUVANTE
Richard E. Grant, por “Poderia Me Perdoar?”
ATRIZ BRITÂNICA/IRLANDESA DO ANO
Jessie Buckley, por “Beast”
ATOR BRITÂNICO/IRLANDÊS DO ANO
Rupert Everett, por “O Príncipe Feliz”
ATRIZ JOVEM BRITÂNICA/IRLANDESA DO ANO
Molly Wright, por “Apostasy”
REVELAÇÃO BRITÂNICA/IRLANDESA DO ANO
Michael Pearce, por “Beast”
DIRETOR TÉCNICO DO ANO
Lukasz Zal (diretor de fotografia), por “Guerra Fria”
CURTA-METRAGEM BRITÂNICO/IRLANDÊS DO ANO
Lara Zeidan, por “Three Centimeters”
PRÊMIO DILYS POWEL
Pedro Almodóvar 

Fonte: MailOnline

Escrito por marcia
Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

jan 17

A estrela mexicana Yalitza Aparicio está na capa e no recheio da revista americana The Hollywood Reporter, da edição de janeiro e já nas bancas. A atriz, que é protagonista do filme “Roma”, de 25 anos, posou em seu país, fala sobre a crise política no México: “Lembro-me de tudo o que os alunos haviam passado  no México… Você está sempre com medo de se expressar e que o governo vai silenciar você.” E sobre conectar-se com sua personagem no filme de Alfonso Cuarón: “Reconheci aquela mulher. Nós demonstramos e poderia ter terminado da mesma maneira. Isso me fez perceber como pequenas coisas mudaram no México.”

Fonte: JustJared

Escrito por marcia
Tags: , ,

jan 13

A cerimônia de premiação do Critics Choice foi realizada no Barker Hangar, na noite de domingo (13/1), em Santa Monica, Los Angeles. Confira os ganhadores:

 

MELHOR FILME
Roma
MELHOR DIRETOR
Alfonso Cuarón, por “Roma”
MELHOR ATOR
Christian Bale, por “Vice”
MELHOR ATRIZ
Glenn Close, por “A Esposa”
Lady Gaga, por “Nasce Uma Estrela”
MELHOR ATOR COADJUVANTE
Mahershala Ali, por “Green Book”
MELHOR ATRIZ COADJUVANTE
Regina King, por “Se a Rua Beale Falasse”
MELHOR ROTEIRO ORIGINAL
Paul Shrader, por “First Reformed”
MELHOR ROTEIRO ADAPTADO
Barry Jenkins, por “Se a Rua Beale Falasse”
MELHOR FOTOGRAFIA
Alfonso Cuarón, por “Roma”
MELHOR FIGURINO
Ruth Carter, por “Pantera Negra”
MELHOR MONTAGEM
Tom Cross, por “O Primeiro Homem”
MELHOR DIREÇÃO DE ARTE
Hannah Beachler, Jay Hart, por “Pantera Negra”
MELHOR CANÇÃO
Shallow, de “Nasce Uma Estrela”
MELHOR TRILHA SONORA
Justin Hurwitz, por “O Primeiro Homem”
MELHOR CABELO E MAQUIAGEM
Vice
MELHORES EFEITOS ESPECIAIS
Pantera Negra
MELHOR ANIMAÇÃO
Homem-Aranha no Aranhaverso
MELHOR FILME ESTRANGEIRO
Roma
MELHOR ELENCO
A Favorita
ATOR/ATRIZ REVELAÇÃO
Elsie Fisher, por “Eighth Grade”
MELHOR FILME DE FICÇÃO OU TERROR
Um Lugar Silencioso
MELHOR FILME DE AÇÃO
Missão Impossível: Efeito Fallout
#SEEHER AWARD
Claire Foy
MELHOR ATOR DE COMÉDIA
Christian Bale, por “Vice”
MELHOR TRIZ DE COMÉDIA
Olivia Colman, por “A Favorita”
MELHOR COMÉDIA
Podres de Rico 

Fonte: site oficial

Escrito por marcia
Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

jan 06

A cerimônia de premiação do Globo de Ouro, organizada pelos correspondentes estrangeiros de Hollywood, foi realizada no Beverly Hilton Hotel, em Beverly Hills, na noite de domingo (6/1), em Los Angeles. Confira os ganhadores no cinema:

MELHOR FILME – DRAMA
Bohemian Rhapsody
MELHOR FILME – COMÉDIA OU MUSICAL
Green Book
MELHOR FILME DE ANIMAÇÃO
Homem-Aranha no Aranhaverso
MELHOR FILME ESTRANGEIRO
Roma, de Alfonso Cuarón (México)
MELHOR ATRIZ – DRAMA
Glenn Close, por “A Esposa”
MELHOR ATOR – DRAMA
Rami Malek, por “Bohemian Rhapsody”
MELHOR ATRIZ – COMÉDIA OU MUSICAL
Olivia Colman, por “A Favorita”
MELHOR ATOR – COMÉDIA OU MUSICAL
Christian Bale, por “Vice”
MELHOR ATRIZ COADJUVANTE
Regina King, por “Se a Rua Beale Falasse”
MELHOR ATOR COADJUVANTE
Mahershala Ali, por “Green Book”
MELHOR DIRETOR
Alfonso Cuarón, por “Roma”
MELHOR ROTEIRO
Peter Farrely, Nick Vallelonga, Brian Currie, por “Green Book”
MELHOR TRILHA SONORA
Justin Hurwitz, por “O Primeiro Homem”
MELHOR CANÇÃO ORIGINAL
Shallow, por “Nasce Uma Estrela”
PRÊMIO CECIL B. DEMILLE (Por Sua Carreira)
Jeff Bridges

Escrito por marcia
Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

jan 05

A cerimônia de premiação da Academia Australiana de Cinema e Televisão (AACTA) foi realizada na sexta-feira (4/1), em Los Angeles. Confira os ganhadores:

MELHOR FILME
Roma 
MELHOR DIRETOR
Alfonso Cuarón, por “Roma”
MELHOR ATOR
Rami Malek, por “Bohemian Rhapsody”
MELHOR ATRIZ
Olivia Colman, por “A Favorita”
MELHOR ATOR COADJUVANTE
Mahershala Ali, por “Green Book”
MELHOR ATRIZ COADJUVANTE
Nicole Kidman, por “Boy Erased: Uma Verdade Anulada”
MELHOR ROTEIRO
Tony McNamara Deborah Davis, por “A Favorita”

Fonte: site oficial

Escrito por marcia
Tags: , , , , , , , ,

dez 28

Filmes para curtir com amigos e relaxar. Divirta-se! Feliz Ano Novo!

Ação 
Missão Quase Impossível (The Spy Next Door), EUA, 2010. Dirigido por Brian Levant, com Jackie Chan e Madeline Carroll. Bob, um espião da CIA, decide abandonar sua carreira para casar com sua namorada Gillian. Entretanto, Bob primeiro precisa cumprir uma última missão: conseguir a aprovação das crianças. Gillian precisa viajar e Bob acaba tomando conta das crianças para ela. Porém, uma das crianças, acidentalmente, faz o download de uma fórmula secreta e acaba revelando o paradeiro de Bob para um terrorista russo que está atrás dele.

Animação 
James e o Pêssego Gigante (James and the Giant Peach), EUA, 1996. Dirigido por Henry Selick, com vozes originais de Steven Culp, Pete Postlethwaite, entre outros. James e seus pais sempre sonharam morar em Nova York, mas um acidente deixa o garoto órfão e ele vai morar com suas tias, que são crueis e o maltratam. Contudo sua vida toma um rumo surpreendente quando ele encontra um pêssego gigante com insetos falantes e embarca em uma jornada extraordinária para chegar à Nova York, enfrentando diversos perigos pelo caminho.

Comédia 
Ladrão de Diamantes (After The Sunset), EUA, 2004. Dirigido por Brett Ratner, com Pierce Brosnan e Salma Hayek. Após um bem sucedido roubo, Max Burdett decide deixar o mundo do crime e aproveitar a vida em uma paradisíaca ilha ao lado de sua namorada Lola. Porém, Stanley P. Lloyd, um agente do FBI que persegue Max há muito tempo, parte também para a ilha na intenção de assegurar que Max irá cumprir a promessa de encerrar sua carreira criminosa. Só que, logo depois, Max e Stanley iniciam um novo jogo de gato e rato.

Comédia Romântica 
Pão e Tulipas (Pane & Tulipani), Itália/Suíça, 2000. Dirigido por Silvio Soldini, com Licia Maglietta e Giuseppe Battiston. Rosalba, uma dona de casa, durante uma excursão de ônibus em família, ela é esquecida pelos demais em um restaurante na beira da estrada. Sozinha, com pouco dinheiro, e sem noção de onde está, ela decide tirar o melhor proveito da situação e viaja rumo a Veneza para tirar férias por tempo indeterminado. Seu marido, enquanto isso, contrata um detetive amador para investigar seu paradeiro.

Drama 
Roma, México, 2018. Dirigido por Alfonso Cuarón, com Yalitza Aparicio e Marina de Tavira. No início da década de 1970, uma família de classe média vive um período tumultuado no distrito Roma, na Cidade do México. A babá Cleo, uma mulher silenciosa, cuida das crianças desta família, num momento de grandes mudanças internas e externas.

 

Fantasia/Ficção 
X-Men – O Confronto Final (X-Men: The Last Stand), EUA, 2006. Dirigido por Brett Ratner, com Hugh Jackman e Halle Berry.A descoberta de uma cura para as mutações leva os mutantes a um ponto decisivo. Eles podem escolher entre abandonar seus poderes e se tornarem humanos ou continuar com os poderes e permanecerem excluídos. Uma batalha é travada entre os simpatizantes de Charles Xavier, que prega a tolerância, e os seguidores de Magneto, que defende a sobrevivência dos mais fortes.

Suspense 
Bird Box, EUA, 2018. Dirigido por Susanne Bier, com Sandra Bullock, Sarah Paulson e Trevante Rhodes. Em um mundo pós-apocalíptico, a pintora Malorie e seus dois filhos, Garota e Garoto, precisam chegar em um refúgio para escapar do Problema – criaturas que ao serem vistas fazem pessoas se tornarem extremamente violentas. De olhos vendados para não serem afetados, a família segue o curso de um rio, passando por uma corredeira, para chegar à segurança almejada.

Terror 
A Freira (The Nun), EUA, 2018. Dirigido por Corin Hardy, com Taissa Farmiga e Demián Bichir. Presa em um convento na Romênia, uma freira comete suicídio. Para investigar o caso, o Vaticano envia um padre assombrado e uma noviça prestes a se tornar freira. Arriscando suas vidas, a fé e até suas almas, os dois descobrem um segredo profano e se confrontam com uma força do mal que toma a forma de uma freira demoníaca e transforma o convento em um campo de batalha.

Escrito por marcia
Tags: , , , , , , , ,

dez 16

O drama mexicano “Roma”, do diretor Alfonso Cuarón, em preto e branco, uma produção do canal de streaming, é sobre um distrito da Cidade do México, onde uma babá, Cleo (vivida por Yalitza Aparicio), trabalha numa casa de família classe média, na década de 1970, anos conturbados politicamente falando. Esse filme, que estreou no canal na sexta (14/12), representa o México na corrida para preencher as cinco vagas na categoria melhor filme estrangeiro, no Oscar 2019. Vale a torcida.

Escrito por marcia
Tags: , ,