mar 03

Escolhi filmes indicados ao Oscar, mesmo indiretamente, que já saíram de cartaz ou estão saindo, e que são ótimos filmes. Divirta-se!

 

Biografia 
Estrelas do Além do Tempo (Hidden Figures), EUA, 2016. Dirigido por Theodore Melfi, com Taraji P. Henson, Octavia Spencer e Janelle Monáe. Esta é a história do trio pioneiro formado Katherine Johnson, Dothy Vaughn e Mary Jackson, brilhantes mulheres negras que trabalharam na NASA e estiveram por trás de uma das maiores operações da História: o lançamento do astronauta John Glenn em órbita, que deu à nação confiança e o começo da corrida espacial.

Comédia 
Toni Erdmann, Alemanha, 2016. Dirigido por Maren Ade, com Sandra Hüller e Peter Simonischek. Winfried é um senhor que gosta de levar a vida com bom humor, fazendo brincadeiras que proporcionem o riso nas pessoas. Seu jeito extrovertido fez com que se afastasse de sua filha, Ines, sempre sisuda e extremamente dedicada ao trabalho. Percebendo o afastamento, o pai decide visitar a filha na cidade em que mora, Budapeste.

Comédia Dramática 
Capitão Fantástico (Captain Fantastic), EUA, 2016. Dirigido por Matt Ross, com Viggo Mortensen e Frank Langella. Pai de seis crianças, Ben decide deixar a cidade e educar os filhos nas florestas selvagens do Pacífico Norte, longe da civilização. As crianças aprendem a praticar esportes e combater inimigos até que Ben e sua família são obrigados a voltar à vida urbana. Agora ele tem que aprender a se acostumar novamente a viver na civilização.

Drama 
O Apartamento (Forushande), Irã, 2016. Dirigido por Ashgar Farhadi, com Shahab Hosseini e Taraneh Alidoosti. Devido a riscos de desabamento do prédio onde mora, um casal, Emad e Rana Etesami, é forçado a mudar para um outro apartamento no centro de Teerã. Porém, um grave incidente ligado à inquilina anterior vai transformar drasticamente a sua vida.

Fantasia 
Animais Fantásticos e Onde Habitam (Fantastic Beasts and Where To Find Them), EUA/Reino Unido, 2016. Dirigido por David Yates, com Eddie Redmayne e Katherine Waterston. A trama é sobre as aventuras do escritor Newt Scamander na comunidade secreta de bruxos e feiticeiros de Nova York, setenta anos antes de Harry Potter ler seu livro na escola.

 

Guerra 
Até o Último Homem (Hacksaw Ridge), Austrália/EUA, 2016. Dirigido por Mel Gibson, com Andrew Garfield e Sam Worthington. Durante a Segunda Guerra Mundial, Desmond T. Doss, médico do exército dos Estados Unidos, se recusa a pegar em armas e matar pessoas, porém, durante a Batalha de Okinawa ele trabalha na ala médica e salva 75 homens. Quando a guerra termina, Doss é condecorado com a Medalha de Honra por sua façanha.

Policial 
A Qualquer Custo (Hell or High Water), EUA, 2016. Dirigido por David Mackenzie, com Jeff Bridge, Chris Pine e Ben Foster. Os irmãos texanos, Toby e Tannar, se reúnem após anos de separação para roubar agências bancárias que ameaçam a falência da família. Para eles, os assaltos são apenas parte de um estratagema que é o último esforço para retomar um futuro que lhes foi roubado. A vingança parece próxima, até que eles se encontram na mira do xerife Marcus, um Texas Ranger, que procura uma grande perseguição às vésperas de sua aposentadoria.

Suspense 
Animais Noturnos (Nocturnal Animals), EUA, 2016. Dirigido por Tom Ford, com Amy Adams e Jake Gyllenhaal. A trama é sobre Susan, uma galerista, que, passa por uma crise no seu atual casamento, recebe um manuscrito de seu ex-marido, Edward. Por sua vez, a narrativa acompanha o personagem Tony Hastings, um homem que faz uma viagem de férias com sua mulher e sua filha, mas que é interrompida por uma violenta gangue de estrada. Durante a leitura, Susan se vê refletida na história e relembra seu passado.

Escrito por marcia
Tags: , , , , , , , ,

fev 26

Esses são os filmes indicados na categoria melhor filme estrangeiro na premiação do Oscar, neste domingo (26/2), em Los Angeles. Confira os trailers deles:

A MAN CALLED OVE (Suécia)

O APARTAMENTO (Irã) – Ganhou

TANNA (Austrália/Vanuatu)

TERRA DE MINAS (Alemanha/Dinamarca)

TONI ERDMANN (Alemanha/Áustria)

Escrito por marcia
Tags: , , , , , ,

fev 25

A cerimônia de premiação dos filmes independentes dos Estados Unidos, o Independent Spirit Awards, foi realizada na praia de Santa Monica, neste sábado (25/2), na Califórnia. Confira od ganhadores:

MELHOR FILME
Moonlight 
MELHOR DIRETOR
Barry Jenkins, por “Moonlight”
MELHOR ATRIZ
Isabelle Huppert, por “Elle”
MELHOR ATOR
Casey Affleck, por “Manchester à Beira-Mar”
MELHOR ATRIZ COADJUVANTE
Molly Shannon, por “Other People”
MELHOR ATOR COADJUVANTE
Ben Foster, por “A Qualquer Custo”
MELHOR ROTEIRO
Barry Jenkins Tarell Alvin McCraney, por “Moonlight”
MELHOR FOTOGRAFIA
James Laxton, por “Moonlight”
MELHOR MONTAGEM
Joi McMillon, Nat Sanders, por “Moonlight”
PRÊMIO ROBERT ALTMAN – MELHOR ELENCO
Moonlight 
PRÊMIO JOHN CASSAVETES
Spa Night 
MELHOR FILME ESTRANGEIRO
Toni Erdmann, de Maren Ade (Alemanha/Romênia)
MELHOR DOCUMENTÁRIO
O.J.: Made in America 
MELHOR PRIMEIRO FILME
A Bruxa, de Robert Eggers
MELHOR PRIMEIRO ROTEIRO
Robert Eggers, por “A Bruxa”
PREMIAÇÃO PIAGET DE PRODUTORES
Jordana Mollick 

Fonte: site oficial

Escrito por marcia
Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

fev 09

Esta comédia dramática alemã, que está indicado ao Oscar 2017 na categoria melhor filme estrangeiro, com quase 3 horas de duração, é divertida, bem dirigida, tem como tema o conflito de gerações e a solidão, ótimas atuações dos protagonistas e um bom roteiro. A direção é de Maren Ade (Todos os Outros), com Sandra Hüller, Peter Simonischek, Michael Wittenborn, Thomas Loibl, Trystan Pütter, Ingrid Bisu e Lucy Russell.

Winfried é um senhor que gosta de levar a vida com bom humor, fazendo brincadeiras que proporcionem o riso nas pessoas. Seu jeito extrovertido fez com que se afastasse de sua filha, Ines, sempre sisuda e extremamente dedicada ao trabalho. Percebendo o afastamento, Winfried decide visitar a filha na cidade em que mora, Budapeste.

Escrito por marcia
Tags: , , , , , , , , ,

jan 23

A cerimônia de premiação do London Critic’s circle Film, realizada no May Fair Hotel, na noite de domingo (22/1), em Londres, Inglaterra. Confira os ganhadores no cinema:

FILME DO ANO
La La Land 
FILME ESTRANGEIRO DO ANO
Toni Erdman (Alemanha/Áustria)
DOCUMENTÁRIO DO ANO
Fogo no Mar 
FILME BRITÂNICO DO ANO
Eu, Daniel Blake 
ATOR DO ANO
Casey Affleck, por “Manchester à Beira-Mar”
ATRIZ DO ANO
Isabelle Huppert, por “Elle”
ATOR BRITÂNICO DO ANO
Andrew Garfield, por “Até o Último Homem”
ATRIZ BRITÂNICA DO ANO
Kate Beckinsale, por “Amor & Amizade”
ATOR COADJUVANTE DO ANO
Mahershala Ali, por “Moonlight”
Tom Bennett, por “Amor & Amizade”
ATRIZ COADJUVANTE DO ANO
Naomie Harris, por “Moonlight”
DIRETOR DO ANO
Laszlo Nemes, por “Filho de Saul”
ROTEIRISTA DO ANO
Kenneth Lonergan, por “Manchester à Beira-Mar”

Fonte: THR.com

Escrito por marcia
Tags: , , , , , , , , , , , , , , ,

jan 04

A cerimônia de premiação do NYFCC foi realizada na noite de terça-feira (3/1), em Nova York. Confira os ganhadores:

MELHOR FILME
La La Land 
MELHOR DIRETOR
Barry Jenkins, por “Moonlight”
MELHOR ATOR
Casey Affleck, por “Manchester à Beira-Mar”
MELHOR ATRIZ
Isabelle Huppert, por “Elle” e “O Que Está Por Vir”
MELHOR ATOR COADJUVANTE
Mahershala Ali, por “Moonlight”
MELHOR ATRIZ COADJUVANTE
Michelle Williams, por “Manchester à Beira-Mar” e “Certas Mulheres”
MELHOR ROTEIRO
Kenneth Lonergan, por “Manchester à Beira-Mar”
MELHOR FOTOGRAFIA
James Laxton, por “Moonlight”
MELHOR FILME DE ANIMAÇÃO
Zootopia 
MELHOR FILME ESTRANGEIRO
Toni Erdmann (Alemanha)
MELHOR DOCUMENTÁRIO
O.J.: Made in America 
MELHOR PRIMEIRO FILME
Kelly Fremon, por “Quase 18”
Trey Edwards Shults, por “Krisha”
PRÊMIO ESPECIAL
Thelma Schoonmaker (editora)

Fonte: Deadline

Escrito por marcia
Tags: , , , , , , , , , , , , , , ,

maio 22

Toni Erdmann - cena do filmeJuste La Fin du Monde - cena do filmeFoi divulgado, na noite de sábado (21/5), o filme que ganhou o prêmio da crítica no Festival de Cannes: a comédia alemã “Toni Erdmann”, da diretora Maren Ade. A trama é sobre as peripécias de um pianista trapalhão que se disfarça para se aproximar da filha já adulta. Alin Tasciyan, presidente do júri da FIPRESCI (Federação Internacional de Imprensa Cinematográfica), deste ano, disse o filme vencedor: “É um retrato raro e comovente da relação pai e filha”. Outro prêmio concedido na mesma noite foi o humanitário dado pelo Júri Ecumênico ao filme canadense “Juste La Fin du Monde”, de Xavier Dolan. E foram entregues menções honrosas a “American Honey”, de Andrea Arnold, e  para “I, Daniel Blake”, de Ken Loach.

Fonte: uol.com

Escrito por marcia
Tags: , , , , , , , , , ,