jul 27

A estrela Michelle Williams está na capa e no recheio da revista Vanity Fair, última edição. A atriz, de 37 anos, confirmou seu casamento com o músico Phil Elverum: “Nunca desisti do amor… Sempre digo à Mathilda: ‘Seu pai [Heath Ledger] me amou antes de alguém dizer que eu era talentosa ou bonita, ou que tinha roupas bonitas’. Obviamente, Nunca na vida falei sobre um relacionamento… mas Phil não é mais ninguém. E isso vale alguma coisa. Em última análise, o jeito que ele me ama é o jeito que eu quero viver minha vida em geral. Trabalho para ser livre dentro do momento. Sou mãe para deixar Mathilda se sentir livre para ser ela mesma, e sou, finalmente, amada por alguém que me faz sentir livre.” O conselho sobre encontrar o amor: “Não se contente. Não se contente com algo que se sinta como uma prisão, ou é difícil, ou machuca você. Se não se parece com amor, não é amor.” E porquê está falando sobre seu relacionamento agora: “Realmente não quero falar sobre nada disso. Mas há essa provocação, essa atração, que é como: E se isso ajudar alguém? E se alguém que sempre viajou dessa maneira, que lutou tanto quanto eu lutei, e olhou tanto quanto olhei, encontra algo que as ajude?”

Fonte: JustJared

Escrito por marcia
Tags: , ,

jul 27

A estrela Angelina Jolie está na capa e no recheio da revista americana Vanity Fair, edição de setembro. A publicação introduz a matéria assim: “Há a Angelina Jolie que agora é uma mãe solteira – gerenciando o caos do dia-a-dia de seis crianças e o trauma de sua separação de Brad Pitt – e a Angelina Jolie, cujo filme mais recente, um inovador original do Netflix sobre o genocídio do Camboja, é também um agradecimento à nação que a transformou. Em sua nova mansão em LA, Jolie revela a tensão entre as duas Angelinas e a razão pela qual sua vida nunca será normal”. Angie diz que, por causa dos filhos, não quer falar sobre a separação. Mas a bela acaba falando um pouco sobre o ex-marido: “Nós  cuidamos um do outro e nos preocupamos com nossa família, e ambos estamos trabalhando para o mesmo objetivo”. E acrescenta: “Estava muito preocupada com minha mãe, enquanto crescia. Não quero que meus filhos se preocupem comigo. Acho muito importante chorar no chuveiro e não na frente deles. Eles precisam saber que tudo vai ficar bem, mesmo quando você não tem certeza”.

Fonte: Vanity Fair.com

Escrito por marcia
Tags: ,

jan 04

Chris Pratt está na capa e no recheio da revista Vanity Fair, edição de fevereiro. O ator, que estrela o filme “Passageiros”, falou porque não conseguiu um papel em “Moneyball”: “Essa foi a primeira vez que ouvi alguém dizer: ‘Não vamos lançar você porquê está gordo demais.’ Então decidi emagrecer, como uma luta. Não podia pagar um treinador, então corria e cortei o álcool.” Fala sobre seu truque nas audições: “Uma vez que você fica esperto sobre audição, você aprende a fazer um teste antes de dizer: ‘Ação.’ Você entra na sala já com o personagem. Você os deixa pensar que a pessoa que você é está próxima ao personagem que eles querem. Você faz com que eles pensem que já é esse cara.” Sobre seu sósia em Hollywood: “Eu parecia exatamente com Heath Ledger. Tinha os cabelos loiros longos, ainda embranquecidos, havaianos… Isso é o que as pessoas estavam sempre dizendo: ‘Cara, você parece exatamente com Heath Ledger. Então, vi Heath Ledger na capa da Vanity Fair, e pensei: ‘Hey, pareço exatamente como aquele cara'”.

Fonte: JustJared

Escrito por marcia
Tags: , ,

ago 03

Alicia Vikander na Vanity FairA estrela sueca Alicia Vikander está na capa e no recheio da revista americana Vanity Fair, edição de setembro. A atriz, de 27 anos, fala sobre a importância da companhia do namorado, Michael Fassbender, no isolado set de filmagem de “The Light Between Oceans”: “Ele era muito doce comigo… Ele era como: ‘Você pode me entregar um bilhete? O que você acha que eu deveria fazer?’ Era uma coisa tão doce, tipo deixe-me entrar.” E Michael falou sobre o assunto: “Ela não tinha nada garantido. Com muitas dessas atrizes há uma bravura que você não vê nos atores… Percebi isso na Lupita [Nyong’o] em ’12 Anos de Escravidão’ e compreendo – esta é uma oportunidade e deve agarrá-la… [Alicia] não se importa de pegar um personagem e atuar em um lugar inadequado. Seu nível de comprometimento me foca e me certifica que estava muito engajada.” Michael Fassbender, Alicia Vikander e Rachel Weisz são os atores principais do filme citado, que é dirigido por Derek Cianfrance.

Fonte: JustJared

Escrito por marcia
Tags: , , , , ,

fev 26

Jennifer Garner na Vanity FairA bela Jennifer Garner, que esteve calada durante e após seu divórcio do Ben Affleck – com quem foi casada por 11 anos -, está na capa e no recheio da revista americana Vanity Fair, edição de março e nas bancas a partir do dia 8. A atriz, de 43 anos, fala sobre o seu casamento com Ben: “Foi um casamento real. Não era para as câmeras. E foi uma enorme prioridade para mim ficar nele. E isto não funcionou”. Sobre a influência da babá dos seus filhos no divórcio: “Deixe-me apenas dizer uma coisa. Nós tínhamos estado separados por meses antes e nunca havia ouvido nada sobre a babá. Ela não teve nada a ver sobre a nossa separação. Ela não fazia parte da equação. Mau julgamento? Sim. Não é maravilhoso para seus filhos para [a babá] desaparecer de suas vidas”. “Tive que ter conversas sobre o significado de ‘escândalo'”, acrescentou em relação a seus filhos. Para Jenn a família é a coisa mais importante, por ser filha de um casal classe média de West Virginia – mãe professora e pai engenheiro químico: “Não fui criada em um lar onde a vaidade era celebrada. Isso simplesmente não estava no topo da lista”. Matthew McConaughey fala sobre a amiga, com quem contracenou no filme “Clube de Compras Dallas”: “Jennifer sempre traz o ser humano simples”. E o diretor JJ Abrams, com quem trabalhou na série de TV “Felicity” (1998), fala sobre Garner: “Eu diria que ela é muito incomum em Hollywood porque o trabalho está em seu DNA. Ela não está nele pela oportunidade de foto. Ela vive seus valores. Ela é apenas uma espécie de anti-diva, o que é incomum nesta comunidade”.

Fonte: site oficial

Escrito por marcia
Tags: , , , ,

fev 02

Estrelas de Hollywood na capa da Vanity Fair 2016Da direita para a esquerda e de cima para baixo, Cate Blanchett, Viola Davis, Charlotte Rampling, Lupita Nyong’o, Daisy Ridley, Helen Mirren, Diane Keaton, Jane Fonda, Jennifer Lawrence, Rachel Weisz, Alicia Vikander, Saoirse Ronan & Brie Larson estão na capa e recheio da Vanity Fair, edição especial de Hollywood em 2016. As estrelas foram clicadas pela famosa fotógrafa Annie Leibovitz.

Fonte: site oficial

Escrito por marcia
Tags: , , , , , , , , , , , , , ,

dez 01

O Produtor Brad Pitt na Vanity FairO astro Brad Pitt está na última edição da revista americana Vanity Fair, em uma matéria de Julie Miller. O produtor de Hollywood que, além de tudo é humanitário, quer fazer filmes substanciais. Brad disse, numa entrevista à New York Magazine, sobre seu colega concorrente – e grande amigo -, George Clooney: “Com toda justiça, ele me superou em ‘Argo’ [filme em que Clooney ganhou o Oscar 2013 de melhor filme]”. E acrescenta: “Nós, naturalmente, temos um monte de gostos e interesses comuns. Com ‘The Big Short’ [sua nova produção] acho que, talvez, o supero no leilão, porque Michael Lewis [escritor do livro em que o filme é adaptado] já é próximo à mim desde ‘Moneyball’ [outro filme adaptado do livro do escritor]”. Pitt, com sua produtora Plan B, já produziu mais de duas dezenas de filmes, entre eles estão: “A Fantástica Fábrica de Chocolate”, “Os Infiltrados”, “Comer, Rezar, Amar”, “12 Anos de Escravidão” (pelo qual ganhou o Oscar 2014 de melhor filme) e “Selma”; entretanto, fala da dificuldade de alguns filmes serem produzidos pelos grandes estúdios: “Os estúdios não querem mais fazê-los porque não se encaixam no modelo de negócios. É um material complicado, é uma aposta. Eles precisam de alguma garantia como uma marquise”. E acrescenta: “Muitas vezes eu entro, e tomo parte, porque amo o projeto, e tenho de entrar para certificar que seja feito”, explica Pitt. “Então, quando Steve Carrell, Christian Bale e Ryan Gosling saltam em [“The Big Short”], acho que é um testamento para o assunto, e a história, e para o roteiro de Adam Mckay. Michael Lewis era capaz de encontrar a história, para torná-la interessante, ele tem um talento especial para tormar tal material complicado, até mesmo mundano, e torná-lo compreensível e até mesmo emocionante. […] Adam foi brilhante, e nossa equipe foi brilhante em conseguir um orçamento baixo”. O escritor Michael Lewis, que tem escrito para a publicação, fala sobre a matéria, sobre o produtor Brad Pitt e a indústria cinematográfica: “É também um lugar onde os filmes de livros acontecem, mas apenas em resposta a um típico específico de acidente. O acidente é quando o livro colide com uma das cerca de 100 pessoas no planeta que ou estão dispostos a pagar por um filme ou têm a capacidade de persuadir outras pessoas a pagar por isso. Essa pessoa, neste caso, provou ser Pitt”. “The Big Short” (no Brasil: “A Grande Aposta”) estreará nos EUA em 23 de dezembro e aqui em 14 de janeiro de 2016.

Fonte: site oficial

Escrito por marcia
Tags: , , , , , , , , , , ,

mar 10

Robin Wright, muito bonita neste vestido branco decotado, está na capa e no recheio da revista norte-americano Vanity Fair, edição de abril e já nas bancas a partir de 12 de março. A atriz, de 48 anos, fala sobre seu ex-marido Sean Penn: “Não estou no negócio de falar sobre o que ‘não é’… cresci muito rápido como uma jovem garota, mas cresci lentamente na minha feminilidade. Estávamos aprendendo como acompanhar juntos. Nós concordamos que os pais não iam trabalhar ao mesmo tempo, de modo que um de nós estava sempre com as crianças. Ele ganhava mais dinheiro do que eu na época, por isso foi uma decisão simples: ‘Você vai trabalhar, eu vou ficar com as crianças’. E nós nos dávamos muito bem como pessoas criativas. Atuando juntos, ele me dirigindo [ em ‘Acerto Final’, 1995] – que foi ótimo. Acredito que estávamos juntos, não só por nossos lindos filhos, mas para aprender a amar… para a próxima vez, da maneira certa. E então, o que procura nas pessoas agora, a bondade”. Sobre seu noivo Ben Foster: “Nunca estive tão feliz na minha vida como sou hoje. Talvez não como ‘mulherzinha’, mas nunca ri tanto, li tanto ou vir mais do que com Ben. ele me inspira a ser o melhor de mim. Há tanta coisa para aprender. É interminável. Como é grande! Levei muito tempo para crescer. O amor é possível, pois a vida é possível”. Sobre o estrelato ter chegado atrasado para ela: “Me sinto como se tivesse acabado de me formar. Quer dizer, nunca fui para a faculdade. Estava grávida aos 23. Você ouve as pessoas dizerem como ele ‘chegou’, mas que era apenas sempre lá, esperando para sair. Para mim, ele só levou um longo tempo. Estou com 48. Finalmente sou uma pessoa. Acho que finalmente estou pronta”.

Fonte: JustJared

Escrito por marcia
Tags: , , ,

nov 20

A estrela Angelina Jolie está na capa e no recheio da revista americana Vanity Fair, edição de dezembro. A bela, que foi clicada pelo famoso fotógrafo Mario Testino, tem como título da matéria interna da publicação: A Mulher do Ano. A reportagem é introduzida assim: “Ela é uma mãe recém-casada de seis, uma estrela com poucos vestígios da diva, uma mulher que testemunha as coisas terríveis que as pessoas fazem, mesmo quando ela continua a celebrar o espírito humano. (…) Angie fala sobre Louis Zamperini, de quem se inspirou para fazer seu filme “Unbroken”: “O que amo sobre Louis é que ele é uma pessoa muito regular. Ele não era o mais alto, o mais bonito, ou o mais confiante. Ele era uma espécie de confusão quando estava crescendo”. E acrescenta: “Mas a principal mensagem [do filme] é sobre como você escolhe viver sua vida – que existe grandeza em todos nós”. A matéria diz que Jolie tem 14 anos como Embaixadora da Boa Vontade da ACNUR e já participou de 50 missões. A embaixadora comenta com a jornalista sobre estas missões para ajudar os refugiados de guerra: “Você e eu sabemos o horror da guerra”. Sobre estar casada com Brad Pitt: “É uma sensação agradável ser marido e mulher”. Estes são só pequenos trechos da matéria, que é grande e vale a pena ser lida.

Fonte: vanity fair.com

Escrito por marcia
Tags: , , , , , ,

nov 03

Emma Stone foi clicada, pela Vanity Fair, atuando no espetáculo “Cabaret”, em sua estreia na Broadway, em Nova York. A atriz disse à revista: “Queria atuar como Sally Bowles desde que tinha 10 anos, quando vi Natasha Richardson em ‘Cabaret'”. E completou: “É incomum para jovens atrizes obterem tal completude em um papel. Sally é vulnerável, trágica, engraçada, desagradável, devastadora. E então ela é golpeada no rosto com uma epifania. Não acho que já estive tão verdadeiramente obcecada por uma personagem ou uma história. Não posso acreditar que isto esteja realmente acontecendo”.

Fonte: JustJared

Escrito por marcia
Tags: , , , , ,